Jornal Brasil Atual: as notícias que os outros não dão

/ Editor: José Alfredo | Agência Rede PT Ribeirão
Receba nossas notícias pelo Telegram
Jornal Brasil Atual: as notícias que os outros não dão

Transmitido pela Rádio Brasil Atual, o boletim diário traz as informações omitidas pela grande mídia, para que os brasileiros tenham a visão real do que acontece em nosso país

“As notícias que os outros não dão”. Essa é a marca do Jornal Brasil Atual, que reflete perfeitamente o conteúdo do programa. Transmitido pela Rádio Brasil Atual, o boletim é destinado àqueles que não têm espaço de expressão nas grandes mídias.

 

“O Jornal nasceu de uma ideia de levar a voz das pessoas que normalmente não encontram esse respaldo na grande mídia, principalmente os movimentos sociais e as lideranças sindicais, para podermos apresentar à população um outro ponto de vista, em que se privilegia os aspectos ligados ao mundo do trabalho e aos direitos humanos”, explica um dos apresentadores do programa, RafaeL Garcia.

 

No ar de segunda a sexta-feira, das 7h às 9h, o jornal é um programa alternativo, de qualidade, que preenche essa lacuna e traz as informações omitidas pela grande mídia, mas que são de grande interesse público.

 

“Nós procuramos mostrar o que acontece de fato e todos os lados da questão. A mídia tradicional mostra o lado que a interessa e a gente mostra o lado que interessa a todos, para que todos tenham a visão real do que acontece. Assim, elas podem fazer sua análise, participar dos atos que acham mais corretos e atuar para um país melhor”, afirma Lourdes Rodrigues, editora do jornal.

 

Para esclarecer os ouvintes sobre o que realmente acontece no Brasil e como cada um de nós pode ajudar para melhorar as condições do país, a editora explica que o boletim conta com um grande time de colaboradores e colunistas fixos.

 

“São pessoas altamente gabaritadas, cientistas políticos, professores de grandes universidades, como o Emir Sader, por exemplo.

 

A alegria de ouvir rádio voltou

 

Paulo Salvador, coordenador da TVT e RBA (Rádio Brasil Atual), comenta que os ouvintes participam e interagem fortemente com a rádio, já que a população se identifica com o conteúdo da programação de uma rádio da democracia.

 

“Várias pessoas falam que ‘a alegria de ouvir rádio está de volta’, porque nós só ouvíamos rádio de direita com notícias contra a democracia. Quando lançamos uma rádio com notícia e música alinhada com a pauta da democracia, as pessoas adoraram, essa alegria de ouvir rádio voltou”, diz.

 

A editora Lourdes também exaltou o grande envolvimento dos ouvintes com a rádio, principalmente pelo WhatsApp.

 

“É muito interessante. Os ouvintes dão opinião, participam de enquetes, comentam a participação de algum entrevistado, inclusive sugerem temas ou destacam um assunto que vira pauta para nós”, comenta.

 

O apresentador Garcia também destaca o papel da rádio na luta contra o golpe, já que a emissora dá voz aos movimentos sociais que lutam pela democracia.

 

“A luta pela redemocratização do Brasil é fundamental neste momento, já que vemos um pensamento único e que as pautas chamadas neoliberais são colocadas em prática sem o respaldo do voto. As pessoas não votaram por isso e aqui damos voz aos movimentos que lutam pelo restabelecimento da democracia”.

 

Rádio Brasil Atual

 

A emissora pertence a Fundação Sociedade, Comunicação, Cultura e Trabalho, entidade cultural sem fins lucrativos criada e mantida pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em conjunto com o Sindicato dos Bancários de São Paulo e a CUT.

 

Operada na frequência 98.9 FM para ouvintes da Região Metropolitana de São Paulo, a rádio entrou no ar em agosto de 2012. Ela também pode ser sintonizada em 93,3 MHz (Baixada Santista) e 102,7 MHz (Noroeste Paulista).

 

“Este ano foi um grande marco para a rádio, já que depois de 4 anos, nós conseguimos colocar a grade de 24 horas, 7 dias por semana, a partir de maio deste ano. Isso marcou uma enorme vitória dos trabalhadores e da esquerda por ter uma rádio democrático-popular”, diz Salvador

 

A programação conta com jornal diário, música popular brasileira, boletins informativos e o programa de entrevistas Hora do Rango.

 

O ouvinte também pode acompanhar a rádio pelo celular. Basta baixar gratuitamente o aplicativo no site do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC para ouvir a programação da Rádio Brasil Atual.

 

“O aplicativo foi lançado neste ano. Em breve, nós vamos transmitir o noticiário e o Hora do Rango pela TVT e também pelo Facebook. Vamos reforçar um grande trabalho de redes sociais. A expectativa é que isso aconteça daqui uns dois meses”, planeja Salvador.

---
Rede PT Ribeirão Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!