Núcleo Digital Rede PT completa 5 anos

/ Editor: José Alfredo | Agência Rede PT Ribeirão
Receba nossas notícias pelo Telegram

Arte: Agência PT

Núcleo Digital Rede PT completa 5 anos

Evento de lançamento ocorreu no dia 7 de agosto de 2015, na sede do Partido, em São Paulo, e o secretário de organização do PT-SP, Gerson Bittencourt, anunciou que já foram criados 37 Núcleos Virtuais, dentre eles o núcleo digital Rede PT, que foi o segundo a ser registrado

A história da criação do Núcleo Virtual Rede PT, inicia-se no dia 6 de julho de 2015, onde, em reunião da Executiva Estadual do PT-SP, por unanimidade, foi aprovado a criação de Núcleos Digitais no Estado de São Paulo. Conheça a trajetória:

 

PT APROVA CRIAÇÃO DE NÚCLEOS DIGITAIS | 06-07-2015




Muito discutida durante o processo de organização do Congresso Estadual do PT-SP, a ideia de criar os Núcleos Digitais mobilizou, além de dirigentes, integrantes do diretório e se consolidou internamente como nova alternativa para a organização interna do Partido, de forma que garantiria canais de participação mais diretos, no cotidiano.

 

Naquela ocasião, segundo o secretário de Organização do PT-SP, Gerson Bittencourt, a iniciativa não significava um rompimento com as formas tradicionais de organização, mas, sim, uma inovação.

"Nós não estamos descartando as formas de organização dos núcleos de base. Estamos introduzindo um novo sistema, onde os filiados e simpatizantes poderão, através das redes sociais, constituírem núcleos dentro do território, que não precisam ser do município, não precisam ser de uma Macro, e pode ser do Estado como um todo", explicava Bittencourt.

 

A resolução aprovada na executiva estadual determinava que os Núcleos Digitais seriam de composição livre e não necessariamente precisariam ser ligados a temáticas ou categorias.

 

Na resolução, a direção determinava que o Núcleo Digital poderia ser constituído por filiados e simpatizantes e que sua coordenação seria feita por um membro filiado ao Partido, pois este seria o responsável pela interlocução entre o grupo e o Partido.

 

A Secretaria de Organização do PT-SP seria a responsável pelo diálogo com os núcleos digitais. Segundo o secretário, essa poderia ser uma forma da pasta levar informações do Partido aos grupos, assim como uma via para fomentar o debate ali feito.

 

"O PT não pode ficar atrás dos avanços, das novas formas de organização e procurar, cada vez mais, horizontalizar a organização do Partido. Isso ajuda a trazer mais pessoas para o PT, além de fomentar o debate", avaliava o secretário.

 

Na época, a integrante da Executiva do Diretório Estadual, Silvia Helena Seixas entendia que naqueles momentos difíceis que estávamos vivenciando, o Partido levaria aos militantes digitais um diálogo direto com os filiados e simpatizantes sobre as verdadeiras transformações que havíamos conquistados.

 


De acordo com Silvia Seixas, a direção estadual havia definido como meta organizar pelo menos 100 núcleos até o lançamento oficial, estava previsto para acontecer em 2015:

“A Secretaria de Organização espera dar largada com 100 núcleos espalhados pelo Estado, e o Núcleo Digital Rede PT já está preparado”


Conheça a Resolução que criou os Núcleos Digitais do PT-SP




PT-SP LANÇA OFICIALMENTE OS NÚCLEOS VIRTUAIS | 07-08-2015



O Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores de São Paulo lançou na noite daquela sexta-feira (7 de agosto de 2015), em sua sede, no centro da capital paulista, os Núcleos Virtuais. Aprovados anteriormente em reunião da executiva estadual do PT-SP, os núcleos virtuais foram inovações petistas, alternativas para a organização interna do Partido para garantir canais de participação mais direta da militância.

 

Em Ribeirão Preto, o Diretório Municipal de Ribeirão Preto criava o seu Núcleo Virtual a partir da plataforma Rede PT, começando pelo portal, disponível desde 1º de maio de 2015, com informações sobre a formação do Partido na cidade, os acontecimentos desde então, atuações dos vereadores, das secretarias do DM e vídeos de eventos realizados, além de informações sobre o modo petista de governar nas administrações anteriores no município e artigos de pessoas ligadas ao Partido. O administrador do grupo é o ex-vereador José Alfredo Carvalho, criador, editor e coordenador da plataforma Rede PT Ribeirão Preto.

 

Textos e vídeos, desde então, estão sendo divulgados também pelas redes sociais (Facebook, Twitter, Google+, YouTube e WhatsApp). Também são divulgadas notícias sobre o governo federal e da presidenta Dilma Rousseff, na época pré-golpe.


Pelo Núcleo Virtual do Facebook e pelo WhatsApp da Rede PT: (16) 9.9638-0013, filiados e militantes participam de discussões internas do Partido, interagindo e avançando os temas em debate, que são estritamente relacionados às questões da atuação partidária.

 

Durante a apresentação da ferramenta, naquela ocasião, o secretário de organização do PT-SP, Gerson Bittencourt, anunciou que já foram criando 37 Núcleos Virtuais, inscritos previamente através portal Linha Direta e aprovados na reunião do diretório que ocorreu na tarde de sexta-feira (7/8), reafirmando o Núcleo Rede PT como o segundo inscrito no portal. Ele também anunciou que a reunião aprovou a abertura de concurso para escolher o logotipo e o slogan dos Núcleos Virtuais. Segundo ele, as inscrições começaram na segunda-feira,10/8, e seguem até 28 de agosto de 2015.

 

Ao falar sobre a nova ferramenta de organização e mobilização, o presidente do PT-SP, Emídio de Souza, disse que os núcleos lançados também servem para o PT retomar as suas origens e destacou a importância dos núcleos de base que possibilitaram a formação, organização e mobilização de milhares de trabalhadores que ingressaram no Partido na década de 1980.

"Hoje, após 35 anos, temos as ferramentas digitais que permitem outras dinâmicas de participação, e essa participação virtual para nós é fundamental”, frisou Emídio, na época presidente do PT Paulista.

 

Presente no ato de lançamento, o blogueiro Eduardo Guimarães ressaltou a importância das mídias digitais para a atual conjuntura política. De acordo com ele, o Partido está precisando de mais iniciativas como os núcleos digitais.

 

Em sua explanação, o jornalista e professor Charles Nisz deu exemplo de como foi a organização, a participação digital e a mobilização em outros lugares do mundo. Para isso, citou iniciativas dos Estados Unidos, da Espanha e da Grécia.

"Você tem um fenômeno na Espanha, que é o Podemos, e é um partido totalmente de base que é organizado de baixo para cima (...), então, o que eles têm de diferente? Eles têm uma estratégia de comunicação definida, dizem claramente o que vão fazer, como vão fazer organização setorial, por bairro, por cidade, ou por alguma afinidade temática. Eles são núcleos que vão deliberando da base, com uma instância superior, até chegar em um colegiado maior”, explicou o jornalista.

 

Um dos presentes na plateia, o secretário de Relações Governamentais da Prefeitura de São Paulo, Alexandre Padilha, parabenizou a iniciativa da direção estadual e anunciou que faz parte de um núcleo digital, o Beta 13, e que até já está mobilizando a prometida atividade pública do grupo.

 

O evento ainda contou com a presença do secretário de Comunicação do PT-SP, Aparecido Luiz da Silva, o Cidão, da secretária de Nucleação e Mobilização do PT-SP, Janaina Cristina, da vice-presidenta do PT-SP, Rozane Maria de Sena, a Zaninha, e da secretária de mulheres do PT-SP, Marta Domingues.

 

FUNCIONAMENTO DO NÚCLEO DIGITAL REDE PT | 07-08-2015

Desde sua criação, com extremo zelo e responsabilidade, são publicados, diariamente, matérias relacionadas ao PT em nível local, regional, nacional e até internacional. Segundo o administrador do grupo:

“Durante esse período, apenas uma ocorrência fora registrada e encaminhada para a direção do partido. Por sinal, passados 4 (quatro) anos, aguarda-se até a presente data um encaminhamento sobre a ocorrência”, finaliza José Alfredo.

 

COMO PARTICIPAR



Para participar do Núcleo Digital Rede PT, acesse o portal do Partido dos Trabalhadores em Ribeirão Preto, localizado no endereço: www.redept.org, e ao clicar no banner do Núcleo (https://redept.org/conta/cadastrar), basta preencher o cadastro, ler os Termos de Uso, que segue abaixo, e interagir com os demais participantes.

 

Termos de Uso (atualizado em 10/05/2016)

Este documento contém os Termos de Uso da Plataforma NÚCLEO VIRTUAL REDE PT RIBEIRÃO (aqui chamada PLATAFORMA), cuja aceitação plena e integral é requisito para todos os seus USUÁRIOS. Eles incluem, além de regras gerais de uso, política de moderação, política de responsabilidade, política de privacidade e confidencialidade, autorização de uso do conteúdo e contato para reportar violações, bugs e pleitos.
O USUÁRIO deverá ler, certificar-se de haver entendido e aceitar todas as condições aqui estabelecidas antes de seu cadastro. Sua atuação na PLATAFORMA, cadastrado ou não, implica no reconhecimento e na plena aceitação das condições descritas nestes Termos de Uso, às quais estará submetido.
Todas as contribuições são bem-vindas, desde que respeitadas as condições aqui expressas.

1. Condições Gerais

1.1. A PLATAFORMA é um espaço de participação digital voltado à participação de filiados, militantes e simpatizantes.
1.2. Nos comentários, evite mandar correntes e tenha cuidado para não repassar spam por engano;
1.3. Lembre-se de que amigos e família permitem linguagens diferentes da que deve ser usada com pessoas com quem não se tem intimidade;
1.4. Antes de mandar piadas, memes, vídeos ou conteúdo impróprio nos comentários, assegure-se de que os destinatários apreciam este tipo de mensagem;
1.5. Postar atividades importantes e informações relevantes;

2. Cadastro e Segurança

2.1. Para enviar um comentário, apoiá-lo, compartilhá-lo, o USUÁRIO deverá registrar-se inserindo seus dados pessoais nos campos correspondentes da PLATAFORMA. Apenas será confirmado o cadastramento do USUÁRIO que preencher todos os campos indicados. O USUÁRIO deverá completá-los com informações precisas e verdadeiras.
2.2. O USUÁRIO deve ter no mínimo 16 anos ou ter autorização prévia de seus pais ou responsáveis, sendo necessário ter plena capacidade civil para utilizar a PLATAFORMA. Ao se cadastrar, o USUÁRIO autoriza a PLATAFORMA e os órgãos envolvidos a comunicar-se por meio do endereço de e-mail cadastrado.
2.3. Para seu cadastro, o USUÁRIO poderá usar seu nome civil, completo ou abreviado até por suas iniciais, pseudônimo ou qualquer outro sinal convencional, desde que já não tenha sido utilizado por outro USUÁRIO já cadastrado. Não são permitidos comentários de autor não identificado. Embora não seja tecnicamente possível garantir que os pseudônimos fornecidos sejam sempre identificáveis, a administração da PLATAFORMA solicita seu correto preenchimento em todas as ocasiões.
2.4. A PLATAFORMA não se responsabiliza pela correção dos dados pessoais inseridos pelos USUÁRIOS, que garantem e respondem, em qualquer caso, pela veracidade, exatidão e autenticidade destes.
2.5. Ao se cadastrar, o USUÁRIO autoriza a PLATAFORMA a utilizar os seus dados de forma agregada e anônima para fins de pesquisa, incluindo a emissão de relatórios estatísticos referentes ao próprio uso da PLATAFORMA.
2.6. Ao se cadastrar, o USUÁRIO autoriza o recebimento de e-mails, assim como a inserção nos grupos do Facebook e do WhatsApp.

3. Conteúdo das Mensagens e Política de Moderação

3.1. O USUÁRIO entende e concorda que não há presunção de anonimato e que o comentário postado é de sua inteira responsabilidade, não podendo os autores e mantenedores da PLATAFORMA ser responsabilizados por quaisquer fatos decorrentes da postagem desse comentário, de acordo com os art. 18 e 19 da Lei nº 12.965, de 2014;

4. Modificações nos Termos de Uso

4.1. Tendo em vista os fins elencados no item 1.1, a PLATAFORMA poderá alterar, a qualquer tempo, estes Termos de Uso, visando ao seu aprimoramento e a melhoria dos serviços prestados. Os novos Termos de Uso entrarão em vigor a partir de sua publicação na PLATAFORMA, devendo a PLATAFORMA envidar os melhores esforços para comunicar essa alteração;
4.2. Caso haja discordância das alterações, o USUÁRIO poderá deixar de usar a PLATAFORMA dentro do período designado.

 

---
SeCom - Secretaria de Comunicação do PT de Ribeirão Preto Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!