Maioria dos que manifestaram contra o impeachment aprovam o governo Dilma

/ Editor: José Alfredo | Agência Rede PT Ribeirão
Receba nossas notícias pelo Telegram
Maioria dos que manifestaram contra o impeachment aprovam o governo Dilma

Ainda segundo a pesquisa, 24% das pessoas recebem até dois salários mínimos. No domingo, esse número representava 5% das pessoas.

Pesquisa divulgada pelo “Datafolha”, nesta sexta-feira (21), mostra que 54% dos manifestantes que estiveram no ato contra o impeachment da presidenta Dilma Rousseff nas ruas de São Paulo (SP), na quinta-feira (20), aprovam o governo. Outros 25% avaliam o mandato como regular.

 

Sobre o perfil dos manifestantes, os dados mostram que 59% eram homens, 52% das pessoas tinham ensino superior e 60% eram simpáticos ao Partido dos Trabalhadores. A média de idade apurada foi de 42 anos. Os assalariados registrados somavam 35% e funcionários públicos, 15%.

 

Na comparação com o perfil dos manifestantes do último domingo (16), chama a atenção o contraste em relação à renda e à cor declarada. Pessoas de famílias com renda mensal de até dois salários mínimos, R$ 1.576, eram 24% da manifestação desta quinta-feira (20). No domingo, esse número era 6%. No grupo dos mais ricos, acima de 20 salários, R$ 15.760, representava 5% dos presentes na manifestação a favor do governo, contra 17% do ato anti-Dilma.

 

Em relação a cor, pardos e pretos somavam 49% nos protestos desta quinta-feira, no domingo eram 20%. Os pesquisadores do instituto também questionaram em quem o manifestante havia votado no segundo turno da eleição de 2014. Dilma foi citada por 83% dos presentes, contra 5% dos que citaram Aécio Neves (PSDB).

 

O protesto era a favor da democracia e contra o impeachment da presidenta Dilma, portanto 86% dos entrevistados são contra a abertura do processo de impedimento e 88% acreditam que a petista não será afastada do cargo.

 

A Central Única dos Trabalhadores (CUT), Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), União Nacional dos Estudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) Frente de Luta pela Moradia (FLM), entre outros movimentos, participaram do protesto.

---
Rede PT Ribeirão Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!