Moção de Repúdio à ação desumana do Estado em Piracicaba

/ Editor: José Alfredo | Agência Rede PT Ribeirão
Receba nossas notícias pelo Telegram

Arte: Agência PT

Moção de Repúdio à ação desumana do Estado em Piracicaba

Durante a ação, Polícia Militar tentou prender a deputada estadual Professora Bebel, que acompanhava as famílias. “Represento o poder legislativo e estou em pleno exercício de meu mandato parlamentar. Não me intimido e não me intimidarei”, denuncia

O PT Ribeirão Preto vem a público repudiar de forma veemente a ação truculenta da Polícia Militar de João Doria ao executar reintegração de posse na comunidade Taquaral, em Piracicaba, em plena pandemia de Coronavírus.

 

Repudiamos também as ameaças e ilegal tentativa de detenção da Deputada Estadual Professora Bebel, em pleno exercício de seu mandato parlamentar, assim como a tentativa de prisão do advogado Nilcio Costa, que a acompanhava.

 

É absurdo o que aconteceu hoje em Piracicaba e o que também vem acontecendo em Ribeirão Preto com ordens de reintegração promovidas também pelo Prefeito Nogueira PSDB do mesmo grupo político de Dória PSDB, não podemos compactuar com esse modelo de projeto político que não prevê moradias a população e despeja moradores no momento de pandemia e isolamento social, obrigando as famílias desalojadas a deslocar-se para casas de amigos e familiares, abrigos coletivos ou até mesmo perambular pelas ruas da cidade colocando em risco a si mesmos e a outrem, contrariando assim todas as recomendações das autoridades sanitárias, aumentando o risco de contágio pelo Coronavírus.

 

Cumprimentamos a Deputada Estadual Professora Bebel, também Presidenta da Apeoesp pela firmeza, coragem, compromisso e determinação na defesa dos direitos da população mais vulnerável.

 

Ribeirão Preto, 7 de maio de 2020.

 

Jorge Roque

Presidente do Partido dos Trabalhadores de Ribeirão Preto


Baixe a Nota aqui:

---
Secom - Secretaria de Comunicação do PT de Ribeirão Preto Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!