Orçamento sem participação privilegia obras e não cuida do povo

/ Editor: José Alfredo | Agência Rede PT Ribeirão
Receba nossas notícias pelo Telegram

Foto: Assessoria Coletivo Popular

Orçamento sem participação privilegia obras e não cuida do povo

O Coletivo Popular Judeti Zilli (PT) votou contra o Projeto de Lei nº 222 de 2021 que “Estima a receita e fixa a despesa no município de Ribeirão Preto, para o exercício financeiro de 2022”, conhecida como Lei Orçamentária Anual (LOA), na sessão extraordinária desta segunda-feira 13/12/2021.


“Votamos contra porque entendemos que não houve um processo participativo efetivo da sociedade civil em audiências públicas e suas demandas não foram ouvidas. Para nós, audiências públicas qualificadas servem como espaços de promoção da cidadania e aprimoramento dos processos legislativos públicos”.


“Também votamos contra devido ao modelo de cidade proposto, no qual, privilegia obras às questões sociais urgentes. A LOA de 2022 prevê um aumento de 244,5% da Secretaria Municipal de Infraestrutura e diminuição de orçamento da Secretaria Municipal de Assistência Social”.

Extremamente grave é situação do DAERP que em 2022 terá sérios problemas administrativos e estruturais. A presença dos servidores do DAREP na sessão demonstra a preocupação legitima da categoria. A extinção da autarquia deve precarizar os serviços, o que pode em curto espaço de tempo, induzia a sociedade a defender a privatização do saneamento.


O cenário para 2022 será de aumento de pobreza devido à crise política e econômica pós-Pandemia. A falta de investimentos em políticas públicas sociais é responsável pelo aumento exponencial de pessoas em situação de rua e a fome, fato que exigiria mais investimentos na área social, nas pessoas. O Prefeito Nogueira falha com sua Lei Orçamentária. Não seremos cúmplices deste projeto que não dialoga com as reais necessidades do povo de Ribeirão Preto.




---
Coletivo Popular Judeti Zilli Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários