Primavera Democrática reúne mais de 3 mil, em São Paulo

/ Editor: José Alfredo | Agência Rede PT Ribeirão
Receba nossas notícias pelo Telegram

Foto: Paulo Pinto/ Agência PT

Primavera Democrática reúne mais de 3 mil, em São Paulo

Ato pela democracia, contra o golpe e contra a criminalização dos movimentos sociais aconteceu neste sábado, na Praça da Sé

A Praça da Sé, marco zero de São Paulo, que já foi palco de manifestações históricas pela luta na defesa da democracia e justiça, recebeu, neste sábado (26), a Primavera Democrática. O evento promovido pelo Diretório Municipal do PT em São Paulo e pela ‘Frente Todos Pela Democracia’.

 

O ato levou shows, militantes, simpatizantes e movimentos sociais para celebrar a democracia e fortalecer os movimentos de esquerda na luta contra tentativas antidemocráticas e a criminalização dos movimentos populares.

 

O ato contou com grande participação da Frente Brasil Popular, formada por PT, PCdoB, PDT, PSB, PCO, Central Única dos Trabalhadores (CUT), movimentos sociais e estudantis, entre outas entidades.

 

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, parabenizou o presidente do Diretório Municipal e Vereador de São Paulo, Paulo Fiorilo, pela grande mobilização e pelo fortalecimento do Partido dos Trabalhadores na capital.

 

Ele lembrou que a Praça da Sé tem um significado simbólico muito forte nas manifestações populares.

 

“Nós estamos no mesmo lugar que houve um dos maiores atos em defesa das eleições diretas no Brasil e hoje é para dar um recado aos golpistas de que não haverá golpe”.

 

Além disso, Rui também conclamou a militância a sair em defesa da democracia e a trabalhar para que os processos democráticos possam avançar.

 

“Nós fizemos o PT para mudar o Brasil, para mudar a vida do povo, para que a democracia seja melhor do que é hoje”, encerrou Rui Falcão.

 

O Presidente Estadual do PT, Emídio de Souza, avaliou a manifestação como ferramenta importante para combater a tentativa de golpe no Brasil e pela defesa das políticas que têm mudado a vida dos brasileiros.

 

“Nós temos de dar um basta nessa tentativa da direita de querer chegar ao poder sem voto, pela via do golpe”, disse.

 

Os participantes empunhavam bandeiras a favor do governo Dilma, cartazes rechaçando o impeachment e em diversos momentos puxavam um coro de “Não vai ter golpe!”.

 

Gustavo Mello, da Agência PT de Notícias

---
Rede PT Ribeirão Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!