Proteção ao meio ambiente é destaque nas relações entre Brasil e Alemanha

/ Editor: José Alfredo | Agência Rede PT Ribeirão
Receba nossas notícias pelo Telegram

foto: Lula Marques/Agência PT

Proteção ao meio ambiente é destaque nas relações entre Brasil e Alemanha

Países celebram acordos voltados para o manejo sustentável da biodiversidade brasileira

Os governos do Brasil e da Alemanha firmaram, nesta quarta-feira (19), tratados de cooperação para a preservação da Amazônia e de áreas de transição para o Cerrado. Os acordos ambientais fazem parte de um conjunto de 17 tratados assinados durante visita da chanceler alemã Angela Merkel ao Brasil.

 

Os documentos foram assinados durante a abertura da Conferência Florestas, Clima e Biodiversidade, no Brasília Palace Hotel, na capital federal. Na ocasião, o governo alemão também firmou acordo com a Noruega para incrementar o Fundo Amazônia. Os investimentos somam 54 milhões de euros.

 

De acordo com o “Portal Brasil”, a cooperação tem como foco aprimorar as políticas nacionais de proteção e manejo sustentável da biodiversidade brasileira, melhorar o combate às mudanças climáticas e a gestão territorial.

 

Durante declaração à imprensa, Angela Merkel destacou a importância de preservar a biodiversidade brasileira para o mundo.

 

A Alemanha é um dos principais parceiros brasileiros no combate ao desmatamento e na preservação do meio ambiente.

 

Propriedades rurais – Um dos itens do acordo é a regularização das propriedades de agricultores familiares e comunidades tradicionais do Mato Grosso, Rondônia e Pará por meio do Cadastro Ambiental Rural (CAR).

 

O Ministério do Meio Ambiente (MMA), a Caixa Econômica Federal e o Banco de Desenvolvimento Alemão (KfW) vão oferecer aportes para a regularização. Somente o governo alemão vai liberar 23 milhões de euros.

 

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) vai trabalhar com outras entidades de meio ambiente, para a realização dos projetos. Os agricultores contarão com suporte para a produção.

 

O governo alemão também vai colaborar com a terceira fase do Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa), o maior programa de conservação de florestas tropicais do mundo.

 

Brasil e Alemanha vão disponibilizar R$ 116 milhões para o Fundo de Transição Arpa para a Vida. O Fundo vai financiar as unidades de conservação em uma área equivalente a 60 milhões de hectares.

 

Haverá ainda a destinação de R$ 14,6 milhões para o Fundo Amazônia, pelos governos alemães e norueguês. Criado em 2008, o Fundo capta recursos para investimentos em prevenção e combate ao desmatamento e uso sustentável do bioma.

 

Da Redação da Agência PT de Notícias, com informações do “Portal Brasil”

---
Rede PT Ribeirão Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!