Balança comercial tem saldo positivo em junho

/ Editor: José Alfredo | Agência Rede PT Ribeirão
Receba nossas notícias pelo Telegram
Balança comercial tem saldo positivo em junho

Exportações somam US$ 9,13 bilhões no mês de junho, o que representou saldo de US$ 8,07 bilhões na balança comercial do País

A balança comercial brasileira terminou junho com resultado positivo. As exportações do agronegócio brasileiro somaram US$ 9,13 bilhões e as importações, US$ 1,06 bilhão, o que representou saldo de US$ 8,07 bilhões. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (9), pela Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SRI/Mapa).

Segundo o Mapa, a participação do agronegócio no total dos embarques do Brasil alcançou 46,5% no mês passado.

Os principais setores exportadores do agronegócio em junho foram: soja (49,1%); carne, (14,6%); produtos florestais (9,8%); complexo sucroalcooleiro (7,5%); e café (4,9%). Em conjunto, os cinco setores alcançaram US$ 7,85 bilhões e tiveram 86% de participação nos embarques no período.

A quantidade embarcada de soja em grão bateu recorde histórico, chegando a quase 10 milhões de toneladas. Em seguida, aparece o farelo de soja, com US$ 620 milhões, e o óleo de soja, com US$ 102 milhões.

A quantidade de carne embarcada teve aumento de 17,3%, alcançando 573 mil toneladas no período. O principal produto negociado no setor foi a carne de frango, com 389 mil toneladas comercializadas. Isso representou um aumento de 31,4% em volume e de 9,8% em valor, equivalente a US$ 677 milhões.

Os produtos florestais foram o terceiro setor do agronegócio em exportações em junho. Os embarques da cadeia produtiva somaram US$ 893 milhões no mês passado, aumento de 12,6% em valor e de 19,4% em volume, representando 1,61 milhão de toneladas comercializadas.

O complexo sucroalcooleiro foi o quarto setor em exportação do agronegócio em junho, com vendas de US$ 688 milhões. A quantidade comercializada cresceu 7,7%, mas não foi suficiente para compensar a queda no preço. Dessa forma, o valor exportado teve retração de 14,9% e alcançou US$ 642 milhões.

O quinto setor do agronegócio em exportação em junho foi o cafeeiro, com US$ 450 milhões em valor e 151 mil toneladas embarcadas. O café verde foi o principal item exportado no segmento, com US$ 393 milhões. Em seguida, aparece o café solúvel, com US$ 51 milhões.

Doze meses – Entre julho de 2014 e junho de 2015, as exportações do agronegócio brasileiro alcançaram US$ 90,90 bilhões, valor 8,7% menor que os US$ 99,51 bilhões registrados nos doze meses anteriores.

As importações do período, por sua vez, também recuaram à taxa de 10,2% com US$ 15,34 bilhões, o que representou uma queda de US$ 1,74 bilhão. O saldo da balança comercial no intervalo de 12 meses ficou em US$ 75,56 bilhões.

 

---
Rede PT Ribeirão, com informações do Portal Brasil Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!