Saúde para Ribeirão, é o segundo tema do PGP

/ Editor: José Alfredo | Agência Rede PT Ribeirão
Receba nossas notícias pelo Telegram

Arquivo Público

Saúde para Ribeirão, é o segundo tema do PGP

Saúde é o segundo tema de discussão pública sobre as propostas do Programa de Governo Participativo – PGP, democraticamente o partido abre discussão com a sociedade e busca sugestões para a construção do programa

POLÍTICAS SOCIAIS E A REALIZAÇÃO DE DIREITOS

SAÚDE

O PGP - Programa de Governo Participativo do Partido dos Trabalhadores se estrutura a partir da compreensão da saúde como um direito humano, resultado das condições econômicas e sociais. Reafirma a importância de avançar e dar concretude às características do SUS, como um sistema universal, público, integral e de qualidade para todos os cidadãos. Nosso candidato a prefeito resumiu em três partes os estudos realizados sobre a temática Saúde para Ribeirão. Assistam aos vídeos abaixo, em seguida conheça as propostas do PGP.


SAÚDE PARA RIBEIRÃO



RADIOGRAFIA DA SÁUDE



SAÚDE BÁSICA PARA RIBEIRÃO: PROPOSTAS



O SUS é o responsável pelo cuidado com a Saúde no Brasil. É uma conquista do povo brasileiro que se estende por todo o território nacional, e nós defendemos o SUS, que foi criado, depois de muita luta, pela Constituição de 1988 para cuidar da Saúde de todos os brasileiros, como direito do cidadão e dever do Estado. 


A Administração municipal, com Antônio Alberto Machado e Elsa Rossi, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, que é a gestora das políticas municipais, buscará a melhoria da saúde da sua população, a ampliação e o aperfeiçoamento da rede colocada à disposição das pessoas, com garantia do acesso, qualidade e atendimento integral, em consonância com os princípios do Sistema Único de Saúde.


Para a assistência em saúde, o modelo que acreditamos é centrado na Atenção Primária em Saúde (APS), regente de toda uma rede de serviços de saúde de diferentes densidades tecnológicas, articulados em um sistema integrado. Para a melhoria do atendimento e a solução dos constantes problemas enfrentados pela população na área da Saúde, é necessário a ampliação gradual do atendimento ao longo dos próximos anos, até que se atinja a proporção ideal recomendada entre população, rede de atendimento e capacidade de realização de consultas


PROPOSTAS

  1. Reconhecer o direito social à saúde, constitucionalmente definido, com acesso igualitário a todos, observando os princípios e diretrizes do SUS no desenvolvimento das ações de saúde.
  2. Desenvolver ações intersetoriais em parceria com os demais órgãos da gestão municipal e entidades sociais, atuando nos determinantes da saúde individual e coletiva, incluindo as questões ambientais.
  3. Reduzir os riscos e agravos à saúde da população, por meio das ações de promoção, prevenção e vigilância em saúde.
  4. Valorizar a atenção aos idosos e a grupos sociais específicos mais vulneráveis que demandem políticas de inclusão social.
  5. Reorganizar a atenção básica fortalecendo as equipes e as atividades das unidades básicas, para que sejam a porta de entrada prioritária e resolutiva dos problemas de saúde em condições de serem coordenadoras do cuidado integral e do acesso aos demais níveis da rede de atenção.
  6. Garantir acesso integral em tempo adequado às necessidades de saúde, aprimorando a política de atenção básica e sua integração com a atenção especializada, incluindo o apoio diagnóstico, a atenção de urgência e emergência e a assistência hospitalar.
  7. Instituir os Conselhos Distritais de Saúde, já legalizado em nosso município.
  8. Retomar os Conselhos Gestores das Unidades de Saúde, considerando este espaço potencial para a gestão democrática. Rever as dificuldades da participação nos Conselhos e a partir destas se comprometer com as propostas que forem elaboradas para enfrentar os desafios nestes espaços de participação, tais como recurso orçamentário, legislação atual, local, horário, infraestrutura entre outros.
  9. Desenvolver uma política de educação permanente de todos os trabalhadores da saúde e garantir apoio pedagógico e aperfeiçoamento técnico dos profissionais responsáveis pelas atividades de ensino nos serviços.
  10. Contemplar, na política de gestão do trabalho, a qualificação e a valorização dos trabalhadores da saúde, garantindo condições salariais adequadas, ascensão profissional segundo planos de carreira e democratização das relações de trabalho por meio de negociações permanentes com entidades representativas dos trabalhadores da saúde.
  11. Manutenção/Readequação dos espaços e equipamentos atuais em consonância com a ANVISA em virtude dos impactos e mudança de paradigma no atendimento causados pelo COVID19.
  12. Fortalecer o CEO (Centro de Especialidades Odontológicas) em suas diversas especialidades: pacientes com necessidades especiais, cirurgia, periodontia, diagnóstico bucal, endodontia e prótese dentária.
  13. Instituir o Programa de Saúde da População Negra e da Mulher Negra para atendimento das doenças inerentes a esta raça e etnia

---
SeCom - Secretaria de Comunicação do PT de Ribeirão Preto Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!