JORGE ROQUE: ROUBO DA PETROBRAS

Rede Social

JORGE ROQUE: ROUBO DA PETROBRAS

Por que essa mentira tão grande foi contada e recontada? A Petrobras foi um dos principais, senão o principal, butim do golpe de 2016...

Não é de hoje que a grande mídia – e a imensa maioria da pequena também – usa da manipulação dos fatos para apresentar um quadro irreal de algum problema, com a finalidade de atender os interesses que defende.


Isso aconteceu com a Petrobras. Uma das frases mais repetidas nos últimos milênios foi a de que o PT quebrou a Petrobras. Não que não houvesse corrupção na petroleira: segundo delações no âmbito da desmoralizada Lava-Jato, tal corrupção alcançava os governos FHC, jamais investigados pela operação pelos motivos que hoje sabemos a partir das revelações dos diálogos entre os Moro e os procuradores.


A ideia da destruição da Petrobras pelo PT foi inoculada pela mídia, seletiva ela mesma frente às informações que recebia de uma já seletiva operação judicial. Mas, basta uma breve consulta à evolução do valor de mercado da Petrobras para saber que em 2002 ela valia 15.4 bilhões de dólares e em maio de 2014, com o petróleo já em baixa, mas antes do início da agitação golpista contra a presidente Dilma, 104.9 bilhões de dólares, segundo reportagem no site da empresa. Em 2014, a Petrobras estava 6 vezes maior do que no final de 2002! 


Por que essa mentira tão grande foi contada e recontada? A Petrobras foi um dos principais, senão o principal, butim do golpe de 2016. Está sendo desmantelada desde então e seus valiosos ativos, seus gigantescos campos de petróleo, sua distribuidora, refinarias, estão sendo vendidos muito abaixo do preço de mercado, como demonstrado por análise feita pelo Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis no caso da venda da refinaria Landulpho Alves na Bahia. Os campos do Pré-sal foram entregues a preço vil, o que um jornal francês chamou de negócio da década, não para o Brasil, mas para uma companhia petrolífera francesa.


E agora, que Bolsonaro – eleitoreiramente, já que medida desencontrada frente as outras privatistas de seu governo - apenas utilizou de sua prerrogativa de indicar o presidente da companhia após o término do mandato do presidente anterior, a grande mídia em sem acordes dissonantes fala em intervenção. O representante dos acionistas privados no conselho da Petrobras se tornou, desde então, uma verdadeira subcelebridade. Os agentes do mercado financeiro falam em tom ameaçador e apocalítico: fuga de capitais, elevação do dólar, inflação etc. Esses jagunços do mercado dizem abertamente que a única função da Petrobras é garantir o seu próprio lucro. 


Mas, de quem é a Petrobras? Por quem foi construída? Vendo esses senhores falarem, percebemos a quem está subordinada toda economia nacional, qual é o raciocínio simplório que a dirige – mera contabilidade em detrimento do pensamento estratégico estatal que fez da Petrobras uma das maiores empresas do mundo – e quem, de fato, roubou ou está a roubar não na, mas a Petrobras.       


---
Jorge Roque é presidente do PT de Ribeirão Preto, advogado e cientista social Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!