Ricardo Jimenez assume setorial Direitos Humanos no DM

/ Por Agência Rede PT Ribeirão

Foto: Filipe Peres

Ricardo Jimenez assume setorial Direitos Humanos no DM

Ele destaca que setorial será importante na defesa de minorias e de movimentos sociais e populares nos próximos anos

Ricardo Jimenez, que é químico, professor e criador do blog O Calçadão, assumirá em 4 de novembro o setorial Direitos Humanos do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores. Isso ocorrerá em reunião oficial, a partir das 19 horas, na sede do DM do PT, para formalizar a função de coordenador do setorial, com as participações de pelo menos cinco filiados. Segundo Jimenez, esse setorial será um dos mais importantes do PT nos próximos anos devido aos acontecimentos políticos no país e também em Ribeirão Preto.

 

“Acredito que esse setorial será prioritário, nos próximos anos, para os movimentos sociais e populares, nas questões das minorias, como a comunidade LGBT, de negros, de mulheres, nas questões de greves de trabalhadores, pois existem vários itens da Constituição Federal que estão em risco”, comenta Jimenez, que convida os integrantes de outros setoriais a participarem do de Direitos Humanos. O mandato será de quatro anos, porém podem ocorrer modificações, dependendo das discussões que irão ocorrer no Congresso Nacional do PT, que será realizado em 2017. Jimenez lembra que o setorial é importante para a defesa dos direitos humanos em tempos de golpe parlamentar institucional, retrocesso social e atuações neoliberalistas.

 

Jimenez cita que já existe, desde fevereiro de 2016, o apartidário Fórum Permanente de Movimentos Populares de Ribeirão Preto, reunindo 27 entidades (movimentos populares, de moradias, sindicatos, entre outras), que solicitou, por meio de documento público, a criação de uma Secretaria Municipal de Direitos Humanos pela prefeitura. Durante o segundo turno das eleições municipais, apenas Ricardo Silva (PDT) assinou e se comprometeu, enquanto o eleito Antônio Duarte Nogueira Júnior (PSDB) não se comprometeu nem com esse nem com qualquer outra reivindicação de movimentos populares, como a dos funcionários do Daerp (contrários à privatização), da educação, entre outros.

 

Jimenez participava do Fórum pelo blog O Calçadão e, agora, irá representar, no mesmo, o setorial Direitos Humanos, do PT. Ele também lembra que em Ribeirão Preto deverá ser instalado o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe), que também será importante nessa área.

 

A atitude de Duarte Nogueira, um dos apoiadores do golpe parlamentar contra a presidenta Dilma Rousseff, durante o processo de impeachment, em não assumir compromissos populares, preocupa Jimenez, que vislumbra quatro anos de mais retrocesso e repressão a movimentos populares e de moradias em Ribeirão Preto. Ele lembra que existem, atualmente, 30 núcleos de moradias, ou favelas, envolvendo cerca de 5 mil pessoas, que estão em terrenos públicos. A atual prefeita, Dárcy Vera, solicitou à Justiça a reintegração de posse. Caso seja concedida essa reintegração de posse, existe o temor de violência contra essas pessoas por parte da força policial. Por isso, destaca Jimenez, que o setorial terá importância destacada nos próximos anos na cidade.

---
Rede PT Ribeirão Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!