Reitoria da USP e do Governo de SP tentam arbitrariamente despejar sindicato

/ Por Agência Rede PT Ribeirão

Foto: UOL/Educação

Reitoria da USP e do Governo de SP tentam arbitrariamente despejar sindicato

Centenas de intelectuais, parlamentares e entidades políticas declararam apoio ao SINTUSP, na foto Magno de Carvalho, diretor do sindicato

Em mais um episódio de retrocesso no Estado de São Paulo, a Reitoria da USP e o governo do estado de São Paulo tentam de forma autoritária despejar o SINTUSP de sua sede localizada dentro da Cidade Universitária (Campus Butantã).

 

 

Diante dessa medida absurda, diversos setores se colocaram ao lado dos trabalhadores da USP em defesa da sede do SINTUSP e, assim, pelo direito de organização sindical dos trabalhadores, por entenderem que esse ataque à organização dos trabalhadores da USP é um ataque à classe trabalhadora.

 

Centenas de intelectuais, parlamentares e entidades políticas declararam apoio ao SINTUSP com a assinatura de um manifesto.

 

Em ato em defesa do Sintusp realizado recentemente em frende à reitoria da USP, Eduardo Suplicy e Carlos Gianazzi estiveram presentes. Guilherme Boulos, do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto, declarou seu apoio à campanha em defesa do Sindicato de Trabalhadores da USP: "Nós, do MTST, vamos estar juntos com o Sintusp para evitar esse despejo".

 

 

Intelectuais reconhecidos nacional e internacionalmente como Michael Löwy, Paulo Arantes, Ricardo Antunes também aderiram ao manifesto.


Para assinar o manifesto clique aqui

Saiba quem já assinou.

 

URGENTE: COMEÇA PROCESSO DE DESPEJO DO SINTUSP

---
Rede PT Ribeirão Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!