PT reforça compromisso com candidaturas de mulheres na Paraíba

/ Por Agência Rede PT Ribeirão

foto: Danielle Silva

PT reforça compromisso com candidaturas de mulheres na Paraíba

Projeto Elas Por Elas foi lançado no estado com a proposta de formação e fortalecimento de pré-candidatas

As mulheres petistas da Paraíba deram mais um passo na articulação de suas candidaturas para as eleições deste ano. O projeto Elas Por Elas foi apresentado na sede do PT, em João Pessoa, na quarta-feira (6) com a proposta de formação e fortalecimento das futuras candidatas para que tenham condições justas de disputa, dentro e fora do partido.

 

A pré-candidata a deputada estadual e presidenta do PT de João Pessoa, Luzenira Linhares, comemorou a chegada da iniciativa ao estado, justamente por ser mais uma ferramenta para a consolidação da política de paridade de gênero do partido.

 

“É mais um passo que o Partido dos Trabalhadores dá na perspectiva de igualdade que a gente defende. Lutamos muito. Começamos com a cota de 30%, que agora é de 50%. Mas nós também sabemos que se não forem dadas todas as condições para que as mulheres ocupem espaços, isso não vai acontecer”, disse.

 

No estado, o PT tem uma pré-candidata ao Senado, a vice-presidenta estadual do partido, Giucélia Figueiredo. Ela aponta que o debate do projeto deve ser expandido, e que as mulheres ainda têm um caminho difícil a ser percorrido.

 

“Nós temos que colocar esse projeto, esse debate, nas escolas. Abraçar todo o estado da Paraíba, mostrando que a participação da mulher na política é absolutamente necessária. Sabemos que nós também, enquanto mulheres, temos que romper as nossas próprias amarras, romper as amarras dos nossos grupos políticos e dos nossos próprios partidos”, defendeu.

 

Representante da Fundação Perseu Abramo (FPA), Vivian Farias fez uma apresentação de conjuntura às mulheres e homens que participaram do evento. Ela destacou que 86% das pessoas que não receberam votos nas eleições de 2016 eram mulheres.

 

“Nós não podemos ter mulher ‘laranja’, a gente tem que ter mulher ‘lilás’. Tem que ter mulher feminista, que defenda a nossa pauta e que nos represente”, enfatizou.

 

Vivian lembrou ainda o golpe machista e misógino sofrido pela presidenta Dilma. “Nós fomos golpeadas pelos nossos acertos. A gente estava numa base de sociabilidade tão hegemônica ao capital, tão correspondente à heteronormativa, que as pessoas se incomodaram em ver as mulheres no poder”, completou.

 

Além de lideranças petistas, o lançamento do Elas Por Elas na Paraíba contou, também, com a presença de mulheres de partidos aliados e de movimentos sociais.

---
Geisa Marques, da Comunicação Elas Por Elas Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!