Cinema e Revolução Apresenta “Boia-Fria”

/ Por Agência Rede PT Ribeirão

Ilustração: David Aidar

Cinema e Revolução Apresenta “Boia-Fria”

“Boia Fria” é um documentário essencial para a compreensão sociológica deste período, que tinha como cenário de fundo a redemocratização do Brasil e o consequente embate dos trabalhadores rurais por um espaço digno no novo acordo social brasileiro

O Centro Cultural Newton Mendes Garcia exibirá na quarta-feira, dia 8 de maio, às 19h, o documentário “Boia Fria”, produzido pelo Cineclube CAUIM e dirigido por Fernando Kaxassa, também presidente do Cineclube.

 

 

Após a exibição do documentário de 36’31’’ teremos um rico bate-papo com o diretor Fernando Kaxassa e com o coordenador do Setorial Jurídico do Partido dos Trabalhadores Jorge Marcos, advogado que à época da chamada “greve das 7 ruas”, defendeu os trabalhadores rurais de Guariba.

 

Na ocasião, o Centro Cultural Newton Mendes Garcia e a Secretaria de Cultura do PT/RP oferecerão ao Fernando Kaxassa o troféu Newton Mendes Garcia, em reconhecimento à produção cultural do Cineclube CAUIM e à dedicação de seu presidente à cultura da cidade de Ribeirão Preto.

 

O Documentário

Em meados dos anos 80 do século XX, o Cauim realizou um documentário sobre as condições de trabalho e de vida dos milhares de trabalhadores rurais que migravam do norte de Minas Gerais e do sertão nordestino para cortar cana nos munícipios da chamada Califórnia Brasileira, a região de Ribeirão Preto. O filme retrata as condições sociais e de trabalho dessa população sofrida nos canaviais, que geraram uma riqueza ímpar para as usinas, destilarias e indústrias ligadas ao agronegócio aqui estabelecidas. Mas é, ainda hoje, uma riqueza não repartida e extraída à custa do trabalho exaustivo dos boias-frias, sustentada, na época, pelo não cumprimento da legislação trabalhista e pelo uso dos “gatos”, empreiteiros de mão-de-obra rural, responsáveis por trazer estes homens e mulheres para o corte da cana. Essa situação gerou uma grande revolta que culminou com a greve de Guariba, que se estendeu por toda a região e que foi reprimida com truculência pela Polícia Estadual.                                                                         

 

“Boia Fria” é um documentário essencial para a compreensão sociológica deste período, que tinha como cenário de fundo a redemocratização do Brasil e o consequente embate dos trabalhadores rurais por um espaço digno no novo acordo social brasileiro.

(Fonte: https://bit.ly/2LjO2lC).

Conheça mais sobre a vida e a produção de Fernando Kaxassa no vídeo abaixo, produzido pelo programa Identidade, da TV Thathi

 

Serviço:

Cauim Produções Ribeirão Preto – Direção: Fernando Kaxassa, Fotografia: Fernando Sousa, Roteiro: Marcos Diamantino. Foto em destaque cortesia – Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil.

 

Cinema e Revolução

Filme: “Boia-Fria”.

Quando: Dia 8 de maio de 2019

Horário: 19h

Local: Centro Cultural Newton Mendes Garcia

Endereço: Av. Santa Luzia, 120 - Sumaré

Entrada franca

Confirme presença aqui: https://www.facebook.com/events/2205309519799128/

---
Márcio Coelho, secretário da Cultura do PT de Ribeirão Preto Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!