Projetos e programas

Luz para todos

Luz para todos

O programa Luz para Todos, criado em novembro de 2003 pelo presidente Lula, que visa acabar com a exclusão elétrica no País e prover acesso à eletricidade, gratuitamente, foi prorrogado pela presidenta Dilma Rousseff até dezembro de 2018, tendo como nova meta levar energia a 228 mil famílias do meio rural.

 

Até o final de 2014, o programa tinha atendido 3.184.946 famílias, beneficiando cerca de 15,3 milhões de pessoas, com investimentos contratados superando R$ 22,7 bilhões, com recursos de R$ 16,8 bilhões do governo federal. A iniciativa do programa tem coordenação do Ministério de Minas e Energia, operacionalização da Eletrobras e execução da concessionárias de energia elétrica e cooperativas de eletrificação rural em parceria com os governos estaduais.

 

O Censo de 2010, do IBGE, mostrou que ainda existia na zona rural brasileira 715.939 famílias sem energia, o que provocou a reformatação do Luz para Todos. Mas novos desafios surgiram a cada ano e a presidenta Dilma prorrogou o programa para atender mais pessoas da zona rural, com prioridades às escolas rurais, às populações localizadas em áreas da extrema pobreza, quilombolas, indígenas, assentamentos, ribeirinhos, pequenos agricultores, famílias em reservas extrativistas e as afetadas por empreendimentos do setor elétrico, além de poços de água comunitários.


Notícias Relacionadas