Projetos e programas

Brasil Sem Miséria

Brasil Sem Miséria

O plano Brasil Sem Miséria foi criado pelo governo federal de Dilma Rousseff, lançado em 2011, e tem como objetivo retirar da extrema pobreza no país milhões que vivem com menos de R$ 70/mês. Como a pobreza não se resume a uma questão de renda, outras prioridades estão inclusas no plano, como segurança alimentar e nutricional, educação, saúde, acesso a água e energia elétrica, moradia, qualificação profissional e melhora da inserção no mundo do trabalho são algumas das dimensões em que a pobreza se manifesta.

Projetado como programa social de larga escala, o Brasil Sem Miséria visa promover a inclusão social e produtiva da população extremamente pobre, buscando reduzir drasticamente seus números. O plano tem três eixos:

  • garantir a renda, para alívio imediato da situação de pobreza;
  • acesso a serviços públicos, para melhorar as condições de educação, saúde e cidadania das famílias; e,
  • inclusão produtiva, para aumentar as capacidades e as oportunidades de trabalho e a geração de renda entre as famílias mais pobres do campo e da cidade.

O Brasil Sem Miséria é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e conta com a participação de 22 ministérios, além da parceria de estados e municípios, de bancos públicos, do setor privado e da sociedade civil. O cadastro no programa Brasil sem Miséria é feito pelas prefeituras, através do sistema Cadastro Único, que coleta os dados: características dos domicílios, escolaridade, trabalho e renda.

O objetivo é preservar as conquistas e criar mais oportunidades para os brasileiros que mais precisam. Para isso, as iniciativas do Brasil sem Miséria foram mantidas e fortalecidas para encontrar e incluir nos programas sociais os brasileiros que permaneçam desprotegidos.


Notícias Relacionadas