Ribeirão faz ato pró-Haddad

/ Por Agência Rede PT Ribeirão

Fotos: Carlos Wolff

Ribeirão faz ato pró-Haddad

Organizado pela Frente Ampla Democrática de Ribeirão Preto evento reuniu 1.000 pessoas na manhã deste sábado (20), no Centro de Ribeirão Preto

Frente Ampla Democrática de Ribeirão Preto promoveu um ato de aproximadamente duas horas de duração na manhã deste sábado (20), no Centro de Ribeirão Preto, em favor do candidato Fernando Haddad (PT). 

 “Ele não! Haddad Sim!” foram as palavras de ordem que predominaram o evento que reuniu aproximadamente 1.000 pessoas na Esplanada do Theatro Pedro II e em parte da Praça XV de Novembro.

 

As mobilizações reafirmaram o protagonismo das mulheres na luta pela manutenção da democracia, em apoio ao projeto de governo representado por Fernando Haddad e Manuela D’Ávila e contra o discurso de ódio disseminado pelo candidato do PSL, Jair Bolsonaro.

 

O microempresário Bruno Lara, de 51 anos, disse que empunhava a bandeira do PT na esperança de que a civilidade fosse mantida no País.  

"O outro lado, inacreditavelmente, propõe um retrocesso histórico que durante décadas a gente vem lutando por um resultado, muito embora pequeno, mas progressista", declarou.

Uma estudante de enfermagem, 21, contou que participava do evento mesmo contra a vontade da mãe, que é favorável ao candidato adversário, Jair Bolsonaro (PSL).  

"Não sou a favor de candidato que dissemina ódio contra outras pessoas e que também votou a favor do congelamento dos gastos com a saúde por 20 anos", disse a estudante, que preferiu ter o nome preservado. 

A bióloga e doutorando Paula Viacava, 30, afirmou que vê as propostas do candidato petista à educação como as melhores apresentadas nessa campanha política. 

"Ele tem uma proposta muito clara para apoiar os Institutos de Educação Federal como polos de apoio para o ensino básico", disse.

Avaliação positiva

Um dos organizadores do evento pró-Haddad, o ex-vereador pelo PT, José Alfredo Carvalho (foto abaixo), avaliou que o ato teve resultado positivo e que acredita em uma virada do candidato petista no segundo turno. 

"Ribeirão é a capital do conservadorismo, inclusive e assustadoramente do neofascismo. A gente sabe que aqui é uma dificuldade muito grande, o antipetismo, o antipaloccismo nasceram aqui. Aqui a resistência à nossa candidatura é muito grande. Em 2014 não foi diferente e nós chegamos ao final com quase 30% dos votos que é a nossa previsão para essa eleição também", disse.  

Sobre a passeata prevista para ocorrer no final da manifestação, o organizador afirmou que optou pelo cancelamento por conta da possibilidade de reação de pessoas contrárias.  

"A PM (Polícia Militar) não garante a segurança porque identificou alguns pontos de possíveis resistências no trajeto e aqui a maioria são mulheres, jovens, e nós não vamos colocar em risco", destacou.  

José Alfredo disse que chegou a comunicar a PM oficialmente durante a semana sobre a passeata. Porém, momentos antes de o ato ganhar as ruas centrais, uma reunião rápida com uma equipe da PM decidiu pela suspensão. 

GALERIA DE FOTOS 

---
Rede PT
Receba nossas notícias pelo Telegram Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários (1)

Jussara Mellin Lutz

Bela visão do movimento. Foi realmente marcante. Começou a virada! #Haddad13Presidente!