Partidos aliados pedem respeito à vontade popular “expressa nas urnas”

/ Por Agência Rede PT Ribeirão

foto: Lula Marques / AgênciaPT

Partidos aliados pedem respeito à vontade popular “expressa nas urnas”

Documento afirma que é “inarredável compromisso com a vontade popular expressa nas urnas e com a legalidade democrática”

Presidentes e líderes de partidos aliados ao governo divulgaram uma nota, nesta terça-feira (7), na qual manifestam apoio à presidenta Dilma Rousseff e ao vice-presidente, Michel Temer (PMDB). O documento, divulgado após encontro de Temer com líderes, pede respeito à vontade popular “expressa nas urnas”.

Após a reunião, o presidente Nacional do PT, Rui Falcão, ressaltou que “não há crise política nenhuma, as instituições estão funcionando regularmente”.

Os partidos da base também comemoraram a criação do Programa de Proteção ao Emprego (PPE), por “preservar empregos e colaborar para a retomada do crescimento econômico”.

A nota é uma resposta aos constantes ataques da oposição. No último domingo (5), durante convenção nacional do PSDB que reelegeu Aécio Neves à presidência do partido, os opositores disseram que Dilma pode “cair em breve”.

O manifesto foi assinado por representantes do PT, PMDB, PCdoB, PDT, PROS, PRB, PR e PSD. Entre os participantes do encontro, estavam os presidentes do PT, Rui Falcão; do PMDB, Valdir Raupp; do PCdoB, Luciana Santos; e do PSD, Guilherme Campos.

Estiveram presentes também os líderes no Senado, Humberto Costa (PT-PR), Eunício Oliveira (PMDB-CE), Acir Gurgacz (PDT-RO), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Blairo Maggi (PR-MT), Omar Aziz (PSD-AM) e Marcelo Crivella (PRB-RJ).

Da Câmara, participaram o líder do governo, José Guimarães (PT-CE), o líder do PT, Sibá Machado (AC), Vicente Cândido (PT-SP), Jandira Feghali (PCdoB-RJ), André Figueiredo (PDT-CE), Domingos Neto (PROS-CE), Celso Russomano (PRB-SP), Rogério Rosso (PSD-DF), Maurício Quintella (PR-AL), Marcelo Aro (PHS-MG), Daniel (PMDB-GO), Aluisio Mendes (PSC-MA) e Márcio Marinho (PRB-BA).

 

Leia a nota na íntegra:

 

“Os partidos que integram o bloco de sustentação do Governo da Presidenta Dilma Rousseff saúdam a edição da Medida Provisória 680, que institui o Programa de Proteção ao Emprego (PPE).

Debatido amplamente com as centrais sindicais e entidades representativas do empresariado, a MP 680 preserva empregos e colabora para a retomada do crescimento econômico.

Os partidos da base também tomaram conhecimento das repostas às questões suscitadas sobre as contas de 2014 do Governo Federal. À vista dos fundados argumentos técnicos e jurídicos apresentados ao Conselho Político, há plena convicção de que os argumentos do governo serão acolhidos.

Finalmente, os líderes e dirigentes partidário abaixo-assinados manifestam seu apoio à Presidente a o Vice-Presidente da República. E reafirmam seu profundo respeito à Constituição Federal e seu inarredável compromisso com a vontade popular expressa nas urnas e com a legalidade democrática.

Brasília, em 07 de julho de 2015. ”

 

Por Cristina Sena, da Agência PT de Notícias

 

---
Rede PT Ribeirão
Receba nossas notícias pelo Telegram Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!