Lançamento de pré-candidatura de Lula é esperança para o povo

/ Por Agência Rede PT Ribeirão

Fotos: Ricardo Stuckert

Lançamento de pré-candidatura de Lula é esperança para o povo

Unido, PT não foge à missão de fazer tudo a seu alcance para levar de volta ao Palácio do Planalto o melhor presidente que o Brasil já teve

O que se viu em Minas Gerais nesta sexta-feira (8) não acontece todo dia. A bem da verdade, quase nunca acontece. Neste dia 8 de junho de 2018, Contagem (MG) se transformou na capital brasileira da Esperança. Abarcou toda a gente do Brasil, todos os sotaques e as cores do país, e um só um desejo: Lula Livre, Presidente do Brasil.

 

O Partido dos Trabalhadores lançou nesta sexta (8) a pré-candidatura de Lula à Presidência da República. Faltou espaço para tanta gente e tanta emoção no auditório com 2.000 lugares onde o evento aconteceu. Não faltou ninguém do PT: estavam lá governadores da sigla, os líderes das bancadas parlamentares, a presidenta do partido, senadora Gleisi Hoffmann, o ex-prefeito e coordenador do Programa Lula de Governo, Fernando Haddad, a presidenta eleita Dilma Rousseff, dentre outros.

 

Mas uma ausência foi sentida. Lula é preso político. Porém, sua voz não pode ser aprisionada e ele falou novamente para as pessoas através da presidenta Dilma que leu o Manifesto ao Povo Brasileiro, um documento histórico escrito pelo próprio ex-presidente.

 

“Quando ficou claro que iriam me prender à força, sem crime nem provas, decidi ficar no Brasil e enfrentar meus algozes. Sei do meu lugar na história e sei qual é o lugar reservado aos que hoje me perseguem. Tenho certeza de que a Justiça fará prevalecer a verdade”, afirmou.

 

 

“Nas caravanas que fiz recentemente pelo Brasil, vi a esperança nos olhos das pessoas. E também vi a angústia de quem está sofrendo com a volta da fome e do desemprego, a desnutrição, o abandono escolar, os direitos roubados aos trabalhadores, a destruição das políticas de inclusão social constitucionalmente garantidas e agora negadas na prática. É para acabar com o sofrimento do povo que sou novamente candidato à Presidência da República”, disse Lula, tendo ao seu lado os fatos e milhões de brasileiros.

 

Porta voz do ex-presidente, Gleisi Hoffmann afirmou que apenas com o retorno de Lula a pacificação do Brasil estará garantida. “Lula é a grande liderança popular deste país. Ele é o único que pode garantir a pacificação do Brasil. Ninguém tem a relação que Lula tem com o povo brasileiro.  Disseram que o mercado tem medo de Lula ser presidente. Mas temos que avisar a eles que no Brasil tem povo, e é ele quem é prioridade.”

 

O coordenador plano de governo, Fernando Haddad, afirmou: “A história pode demorar, mas ela faz justiça. Não podemos defender o Lula só porque ele é o maior político vivo. Temos que defender o indivíduo, o homem que está preso injustamente.”

 

O ex-prefeito de São Paulo está certo. O povo sabe que ele está certo, por isso quer Lula livre e presidente, como mostram todas as pesquisas, como mostraram as mais de 2.000 pessoas que estiveram em Contagem.

 

O lançamento da pré-campanha de Lula nesta sexta-feira em Minas Gerais foi uma lufada de esperança no horizonte sombrio do Brasil pós golpe, com uma força tal que rompe a objetividade, não se explica em palavras de repórter. Talvez as palavras de um outro mineiro, talvez o maior poeta do Brasil, possam melhor traduzir o que se viu em Contagem neste dia 8 de junho de 2018.

 

“Uma flor nasceu na rua!

Passem de longe, bondes, ônibus, rio de aço do tráfego.

Uma flor ainda desbotada

ilude a polícia, rompe o asfalto.

Façam completo silêncio, paralisem os negócios,

garanto que uma flor nasceu.

Furou o asfalto, o tédio, o nojo e o ódio.”

 

Viva Lula Livre presidente do Brasil!

---
Vinícius Segalla, da Agência PT de Notícias, direto de Contagem (MG)
Receba nossas notícias pelo Telegram Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!