Novo secretário de Diretos Humanos de SP é de Ribeirão Preto

/ Por Agência Rede PT Ribeirão

foto: PMSP

Novo secretário de Diretos Humanos de SP é de Ribeirão Preto

Prefeito Fernando Haddad empossou Felipe de Paula, na vaga de Eduardo Suplicy, que será candidato a vereador

Em 5 de abril, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), deu posse a Felipe de Paula, substituto de Eduardo Suplicy na Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania. De Paula é de Ribeirão Preto. Durante a cerimônia, Haddad destacou que a pasta, que foi criada em sua gestão, foi consolidada como uma máquina de luta por garantia de direitos e promoção da cidadania.

 

“A Secretaria de Direitos Humanos, mais do que se constituir, porque ela não existia, não era uma máquina de direitos humanos como eu espero que a gente conclua o nosso trabalho, transformando a cidade em uma máquina de promoção da cidadania. Agora ela é uma secretaria forte, aprovada pela Câmara Municipal, com uma estrutura digna e compatível com as necessidades iniciais de uma secretaria dessa natureza para garantir a cidadania plena”, afirmou Haddad.

 

Felipe de Paula é advogado, professor e gestor público federal, e assumiu a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania com o compromisso de garantir amparo aos grupos mais vulneráveis da cidade. Ele adquiriu experiências na Secretaria Nacional de Assuntos Legislativos, do Ministério da Justiça, em 2010, na subchefia para assuntos jurídicos da Casa Civil da Presidência da República, de 2011 a 2013, e na Prefeitura de São Paulo, onde ocupou o cargo de assessor especial do prefeito e de chefe de gabinete da Secretaria de Governo, entre 2013 e 2014.

 

Na posse, Felipe defendeu o diálogo e a promoção da cidadania: “Eu assumo o compromisso de seguir a linha da secretaria, garantindo que as pessoas tenham os mesmos direitos, independentemente da diferença e do jeito que elas querem se colocar, seja pela identidade de gênero, pela raça, de onde ela vem, pela orientação social e de espaço físico”, frisou o novo secretário de Direitos Humanos.

 

O prefeito defendeu a diversidade e condenou a intolerância, frisando que há gente que refuta que São Paulo foi construída em cima de diferenças e diversidades. Ele ainda destacou a coragem de sua equipe para, em meio a uma onda conservadora, criar o TransCidadania, programa que investe em bolsas e cursos para travestis, mulheres e homens trans que buscam se capacitar profissionalmente e sair das ruas. "Quanto mais engrossam a voz, mais vamos engrossar a nossa", enfatizou Haddad.

 

Fernando Haddad destacou a necessidade de combater a intolerância e ainda defendeu o estado laico e a Constituição. Segundo ele, essas são algumas das principais ferramentas para garantir a defesa das diferenças e manter-se ativo na proteção dos direitos humanos.

 

Ao se despedir do cargo, devido ao calendário eleitoral, Suplicy destacou sua honra em integrar a gestão Haddad e agradeceu o trabalho de toda a equipe da secretaria. Citando nome a nome, ele fez um balanço sobre a evolução de cada programa. “Eu preciso agradecer toda a equipe por tantas coisas boas que a secretaria tem feito para que continuemos a acertar da melhor maneira possível e possamos cada vez mais elevar os patamares de cidadania e com a transformação das pessoas. Sou muito agradecido por todos”, disse Suplicy.

 

No final de sua fala, o ex-senador e ex-secretário Suplicy cobrou do prefeito Haddad a implantação da Renda Básica de Cidadania em São Paulo e ainda doou um cheque para um fundo municipal, para que os recursos sejam usados na viabilização do referido programa.

 

Cláudio Motta Jr

---
Rede PT Ribeirão, com informações do Portal Linha Direta
Receba nossas notícias pelo Telegram Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!