Justiça seja feita: nas asas da liberdade

/ Por Agência Rede PT Ribeirão

Foto: Open Produções

Justiça seja feita: nas asas da liberdade

Ex-vereador José Alfredo Carvalho, do PT, concedeu entrevista ao programa Conectado do Sistema Thathi de Comunicação

Ele está entre os menos de 1% dos réus condenados e que tiveram suas sentenças anuladas pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), para quem teve prisão decretada depois de esgotados os recursos nas duas instâncias inferiores.

 

Acusado pelo Ministério Público de crime de peculato, o ex-vereador pelo PT de Ribeirão Preto, José Alfredo Carvalho já cumpria pena em Tremembé (SP), em 2017, por haver cometido o crime durante sua passagem como presidente da Liga de Desportiva de Ribeirão Preto, quando a sua ordem de soltura chegou à penitenciária.

 

Por cinco votos a zero, unanimidade, portanto, a Quinta Turma do STJ, que é considerada como uma espécie de ‘câmara de gás’, a mesma da “Lava Jato” revisou o processo e reconheceu que uma falha administrativa havia induzido a Justiça a errar também. Todas as suas prestações de contas da entidade foram prestadas, mas notas de pagamentos de pequenos serviços ou de compras de pequena monta, por exemplo, que foram glosadas, levaram, à época, os funcionários da Secretaria de Fazenda da prefeitura de Ribeirão Preto a lançar o valor empenhado em dívida ativa.

 

Leia também:

DEPUTADO FEDERAL PAULO TEIXEIRA ENALTECE VITÓRIA DE ZÉ ALFREDO NO STJ

‘UM INOCENTE PODE SOFRER INJUSTAMENTE’

 

O resultado não poderia ter sido pior. Ao final do processo, por conta de erros dessa natureza, José Alfredo Carvalho surgiu como um ordenador de despesas que havia desaparecido com mais de R$ 500 mil dos cofres públicos.

 

Foi no STJ que os ministros verificaram que, apesar de os recursos apresentados pela defesa nas instâncias inferiores, a pericia nas prestações de contas não haviam sido realizadas conforme solicitadas. Bastou. José Alfredo Carvalho foi libertado, é ficha limpa, e o que é melhor: quem o avisou que estava livre e o retirou da penitenciária foi o filho dele, José Alfredo Carvalho Jr., que é advogado e que atuou como auxiliar do criminalista Hélios Nogués Moyano.

 

Assista a entrevista:

---
RedePT
Receba nossas notícias pelo Telegram Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!