A Conjuntura e a Moradia Popular em Ribeirão Preto e Região

/ Por Agência Rede PT Ribeirão

Foto: Arquivo Rede PT

A Conjuntura e a Moradia Popular em Ribeirão Preto e Região

Ao lado do secretário Setorial de Meio Ambiente e Desenvolvimento, Mauro Freitas, do coordenador do PGP, Jorge Roque, e do presidente do PT-RP, Fernando Tremura, deputado integra a primeira edição do Roda de Diálogos

O deputado estadual Teonílio Barba inaugura no dia 9 de novembro (sábado), a primeira edição do Roda de Diálogos, com o tema: “A Conjuntura e a Moradia Popular em Ribeirão Preto e Região”, às 10h, na sede do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores – Auditório José Carlos Sobral, avenida Santa Luzia, 120, Jd. Sumaré.

 

Ao lado do secretário Setorial de Meio Ambiente e Desenvolvimento, Mauro Freitas, do coordenador do PGP, Jorge Roque, e do presidente do PT-RP, Fernando Tremura, o parlamentar participa de debate com militantes e lideranças do Partido e demais representantes dos movimentos sociais.

“A atividade reinaugura as plenárias temáticas do “Roda de Diálogos” do programa Dialoga Ribeirão 2020 e se consolida cada vez mais como uma ferramenta de conversa, construção, participação e integração dos nossos parlamentares e dirigentes com o conjunto de filiados e filiadas, simpatizantes e movimentos populares. Prova de mais uma ação democrática que fortalece o Partido dos Trabalhadores para superar os desafios”, analisa o presidente Fernando Tremura.

Temática

Por meio das plenárias do “Roda de Diálogos”, que serão realizadas em sintonia com as diretrizes do programa Dialoga Ribeirão 2020, uma pauta em comum será discutida em todas regiões para o enfrentamento ao governo tucano na cidade, tendo como meta a qualificação na apresentação de um diagnóstico atualizado e formulação de propostas de um modelo de políticas públicas defendido pelo Partido para a construção do Programa de Governo Participativo (PGP), que será coordenado pelo Jorge Roque, presidente eleito do PT.

 

Confira a agenda:

Roda de Diálogos: A Conjuntura e a Moraria Popular em Ribeirão Preto e Região

Data: 09 de novembro (sábado)

Horário: 10h

Local: Diretório Municipal do PT – Auditório José Carlos Sobral

Endereço: Avenida Santa Luzia, 120 – Jardim Sumaré

Informações: Secretária Fabiana – (16) 3635-5113

 

Entenda o Programa de Governo Participativo PGP

O PGP visa identificar as forças e fragilidades da economia da nossa cidade, as iniciativas que deram certo e aquelas que precisam ser aperfeiçoadas, além das propostas inovadoras capazes de realizar todas as potencialidades de Ribeirão Preto, para que a riqueza do nosso município se converta em serviços públicos eficientes e em melhor qualidade de vida. Vamos dar voz e vez para quem nem sempre é ouvido.

 

O desafio estratégico do PGP é identificar os sonhos da população de cada bairro e transformá-los num Programa de Governo exequível, sob os pontos de vista institucional e orçamentário.

 

Para a elaboração do PGP, o Diretório Municipal do PT abre formalmente o debate sobre as eleições de 2020, convicto de que, apesar das campanhas contra o Partido e das adversidades da situação econômica, poderemos manter a trajetória de luta em defesa do povo.

 

Para alcançar êxito nas disputas que o PT irá travar em 2020, precisamos, desde já, construir as condições políticas aptas, aproveitar um elevado grau de unidade interna e de mobilização, associadas à formação e à capacitação da militância. Estes pré-requisitos são fundamentais para que a defesa do PT, do nosso projeto, do legado dos governos petistas, possa ser feita ao longo da campanha em todos os espaços.

 

Nossas candidaturas devem ser capazes de travar a disputa político-eleitoral e liderar campanhas que superem os padrões de despolitização, além de responder aos ataques insidiosos que os adversários desfecham contra nosso Partido.

 

O debate programático e ideológico, permanente e cotidiano, é instrumento decisivo para a vitória. A conquista da maioria da população para a defesa e o voto em candidaturas petistas passa pelo trabalho de construção e difusão do programa municipal, tendo como eixo a participação popular e o modo petista de governar e legislar, que necessita ser atualizado, incorporando novas demandas da sociedade.

 

Por isso, o Programa de Governo Participativo é uma ferramenta importante de formulação e mobilização. Ele deve ser elaborado a partir do PT, em diálogo com a militância, com os movimentos sociais organizados e com os partidos aliados no município. Mais que tudo, a campanha deve mobilizar os setores sociais beneficiados pelas políticas públicas de inclusão, que não devem ser sacrificados, a despeito das restrições fiscais hoje existentes. É imprescindível imprimir às campanhas um sentido de militância e mobilização. É fundamental também garantir autossustentação às campanhas, o que implicará contribuição financeira de militantes e simpatizantes, trabalho voluntário, enraizamento social e mobilizações coletivas.

 

A campanha deverá fazer um diagnóstico preciso dos problemas locais, saber responder às novas demandas do município, ser firme na defesa dos nossos governos, quando o debate extravasar os limites da cidade, e apontar as soluções que propomos para o futuro.

 

Tal como nas campanhas anteriores, a tática eleitoral, cujo aprofundamento está prevista para março de 2020, tem por objetivo ampliar a bancada de vereadores, conquistar cidades estratégicas, reconquistar as que antes administramos, e manter as que governamos. Em Ribeirão Preto, também uma cidade estratégica, com seus mais de 700 mil habitantes, que já foi governada e teve destaque nacional e internacional sob o comando do PT.

 

É indispensável o esforço de diálogo com os partidos do campo democrático-popular. Nossas alianças devem, assim, ser construídas não apenas para conquistar vitórias, mas também para garantir maior apoio político aos governos do PT e dos aliados. É importante, também, incentivar o surgimento de candidaturas majoritárias e proporcionais advindas da juventude, das mulheres e dos diversos movimentos sociais.

 

Para dar conta da pluralidade da sociedade ribeirão-pretana, um Programa de Governo deve ser construído com muitas cabeças e mãos de todas as regiões do município.

 

Conheça Teonílio Barba

Teonílio Monteiro da Costa, o Barba, apelido que ganhou no chão de fábrica, é mineiro de Água Boa e há 55 anos mora na Vila São José, em São Bernardo do Campo, onde criou e cultiva fortes laços de amizade. Estudou economia na Universidade Metodista; é pai de duas filhas; trabalhou na Ford e é diretor licenciado do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e da Unisol Brasil (Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários).

 

De origem humilde, ainda criança foi catador; depois, foi trabalhador no setor moveleiro e, desde 1985, é metalúrgico no ABC, onde, depois de contratado pela Volkswagen, iniciou sua militância. Na solidariedade dos companheiros, descobriu a importância da organização sindical e da representação política da classe trabalhadora, filiando-se ao Partido dos Trabalhadores (PT).

 

Em 1990, na Ford, foi eleito pelos trabalhadores representante da Cipa. De lá para cá, não parou mais – foi eleito e reeleito membro da Comissão de Fábrica, integrou a direção e a bancada de negociação da Federação Estadual dos Metalúrgicos (FEM-CUT) e, desde 1999, é representante no Comitê Sindical de Empresa (CSE).

 

Em 2018, Barba, exemplo de liderança na luta pelos direitos da classe trabalhadora e por justiça social, foi reeleito deputado estadual, com 91.394 votos.

 

Defende a bandeira do Partido dos Trabalhadores por uma sociedade igualitária, com desenvolvimento econômico e geração de emprego e renda; bem como programas de formação e qualificação para que os trabalhadores, trabalhadoras e jovens enfrentem os desafios do futuro.

 

Defende ainda a participação social na construção de políticas públicas de saúde, educação, segurança, transporte e habitação.

---
Rede PT
Receba nossas notícias pelo Telegram Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!