-->

Bolsonaro une o país e faz os brasileiros tirarem as panelas do armário_+_+_ VÍDEO: “Ei, Bolsonaro, VTNC”, grita a clientela de bar de Copacabana em meio a panelaço

Publicado por Jose Cassio
O Brasil parou nesta sexta (23) para ouvir o depoimento em rede nacional de Bolsonaro sobre a Amazônia e aproveitou para tirar as panelas do armário.

Enquanto o presidente tentava se explicar sobre o caos em que mergulhou o país ao incentivar incêndios em áreas desmatadas em estados como Mato Groso, Acre, Amazonas, Rondônia, sul do Pará, entre outros da região amazônica, o povo aproveitou para registrar o seu protesto.
Teve de tudo, nas mais variadas regiões.

Veja alguns vídeos 
Rio de Janeiro agora!

E é só o esquenta do fim de semana de protestos. Amanhã – sábado – é dia todos irem às ruas, terá ato em todas as capitais.

Domingo também e haverá uma grande caminhada na Praia de Ipanema às 15h00!

538 pessoas estão falando sobre isso


_______________+++++++++_____________
VÍDEO: “Ei, Bolsonaro, VTNC”, grita a clientela de bar de Copacabana em meio a panelaço

Panelaço ocorre em várias cidades durante pronunciamento de Bolsonaro


Ato foi convocado pelas redes sociais. No Distrito Federal, foram registrados protestos ao menos na Asa Norte e em Águas Claras
Durante o pronunciamento de quatro minutos e 40 segundos em rede nacional de rádio e TV na noite desta sexta-feira (23/8), o presidente Jair Bolsonaro teve que lidar pela primeira vez com o bater de panelas de manifestantes. Os chamados panelaços se tornaram comuns durante o fim do governo Dilma Rousseff e também em pronunciamentos do ex-presidente Michel Temer. 
Continua depois da publicidade




O panelaço ocorreu em várias cidades do país, sendo que em alguns casos era seguido de vaias. No Distrito Federal, foram registrados protestos ao menos na Asa Norte e em Águas Claras. As publicações marcadas com as hashtages #panelaço chegaram a mais de 40 mil postagens no Twitter — às 20h53, era o tema mais comentado na rede social em todo o país. Confira algumas das postagens 
Panelaço anti Bolsonaro em Belo Horizonte (panelaço de 01 panela) 😂😂😂 Esquerda passando vergonha mais uma vez @senadorhumberto @jairbolsonaro

Veja outros Tweets de REBORN

 



Desde cedo as redes sociais já se manifestavam convocando o movimento. Artistas e políticos fizeram postagens chamando as pessoas para participar do panelaço. O cantor Marcelo D2 e os deputados federais Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Marcelo Freixo (PSol-RJ) estavam entre os que se pronunciaram. 

Em oito meses de governo, este é o quarto pronunciamento em rede nacional de Bolsonaro. Porém, o primeiro com manifestações de descontentamento com as medidas do governante. 

Manifestações a favor da Amazônia 

A indignação em relação às queimadas na Amazônia não foi demonstrada somente nas redes sociais. Durante a tarde, diversos locais do Brasil e do mundo registraram protestos em favor da preservação do meio ambiente. 

Em Brasília, o movimento reuniu centenas de pessoas na Rodoviária do Plano Piloto que seguiram até o Ministério do Meio Ambiente gritando palavras de ordem contra o presidente e titular da pasta, Ricardo Salles. A manifestação foi convocada por cerca de 20 organizações, coletivos e movimentos, entre eles o Conselho Indígena do DF e Comitê Estudantil pelo Meio Ambiente da Universidade de Brasília (Cema/UnB). 

Ato em frente ao Ministério do Meio Ambiente, em Brasília. Ricardo Salles tem que cair!

106 pessoas estão falando sobre isso

Manifestantes em Brasília projetam imagens de incêndio na Amazônia no edifício do Ministério do Meio Ambiente, chefiado pelo @rsallesmma do @partidonovo30

211 pessoas estão falando sobre isso

Pelo menos em 11 cidades brasileiras foram convocados atos. Foram registradas ainda manifestações em Londres, Barcelona, Amsterdã, Genebra, Dublin, Buenos Aires. Em São Paulo, os manifestantes se reuniram em frente ao Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp) e seguiram para a superintendência do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na cidade. No Rio de Janeiro a concentração foi na Cinelândia, no centro da cidade. 
Medidas foram anunciadas 

Nesta sexta-feira (23/8), o governo já havia assinado um decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) que autoriza o reforço das Forças Armadas em terras indígenas e em unidades de conservação ambiental na região de Roraima. Os militares poderão agir na região a partir deste sábado (24/8) até 24 de setembro.  

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), foram quase 2.500 novos incêndios em 48 horas no Brasil. A principal causa apontada é o desmatamento. 
Apesar de anunciar as medidas para tentar conter o fogo, Bolsonaro insiste na tese de que os incêndios na região são normais para esta época do ano.



O mundo da voltas: Durante pronunciamento, Bolsonaro é alvo de panelaço por conta da Amazônia

O clima de indignação generalizada contra o governo começa a ficar parecido com aquele que se observou em 2015 e levou a presidenta Dilma Rousseff ao impeachment; a diferença é que Bolsonaro tem apenas 8 meses de mandato. Confira a repercussão

Reprodução/Twitter

Milhares de pessoas, por todo o Brasil, pegaram as panelas que estavam guardadas desde 2015, na noite desta sexta-feira (23), e promoveram um “panelaço” contra o presidente Jair Bolsonaro. A ação de protesto aconteceu durante o pronunciamento do capitão da reserva em cadeia nacional de rádio e televisão.

O motivo é a política ambiental destrutiva e negligente de Bolsonaro que vem provocando a destruição da Floresta Amazônica, que arde em chamas por conta das crescentes queimadas em seu governo.
O clima de indignação generalizada contra o governo é o mesmo que pode ser observado entre 2015 e 2016. O movimento levou a um clamor popular que chancelou o processo de impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff.

A diferença é que Bolsonaro tem apenas 8 meses de mandato.

Para além do Brasil, que registrou manifestações em inúmeras cidades, capitais estrangeiras também tiveram protestos contra o presidente brasileiro e sua política ambiental.
Confira, abaixo, a repercussão do primeiro panelaço da “nova era”, que foi registrado em inúmeras regiões de todo o país.

OBRIGADA ESPINHEIRO POR ESSAS PANELAS QUE SOAM COMO MÚSICA AOS MEUS OUVIDOS
Está lindo o aqui na vizinhança. Estou gostando de ver que não sou só eu que estou descontente com esse governo, apesar dos muitos fogos quando ele foi eleito no ano passado.

Veja outros Tweets de beloved???

Bolsonaro, hoje vai ter panelaço!

Sergio Lima/Poder360

Usuários do Twitter estão planejando realizar um panelaço durante o pronunciamento previsto do presidente Jair Bolsonaro, nesta sexta-feira (23/8), para falar sobre os incêndios que consomem a Amazônia nos últimos dias. A hashtag #panelaço já figura entre os assuntos mais comentados na rede social. O Palácio do Planalto, no entanto, ainda não confirmou oficialmente o pronunciamento.
Essa forma de protesto com panelas foi muito utilizada em 2015 e 2016, durante os pronunciamentos da ex-presidente Dilma Rousseff, e também durante transmissões de programas do Partido do Trabalhadores (PT) em rede nacional.

Pressão
As queimadas na região amazônica provocaram o aumento da pressão internacional sob o Brasil. Bolsonaro chegou a declarar, sem apresentar provas, que ONGs seriam as responsáveis pelos incêndios.

Na quinta-feira (22/8), Bolsonaro atacou a sugestão do presidente da França, Emmanuel Macron, de discutir os incêndios na Amazônia em reunião com o G7, dizendo que Macron teria uma “mentalidade colonialista descabida no século XXI”. Irlanda e França estudam votar contra o tratado de livre-comércio entre a União Europeia e o Mercosul alegando que Bolsonaro não toma medidas e compromissos em defesa do meio ambiente.

Confira algumas das principais publicações #panelaço:
O Bozo vai falar hoje na tv ? Qual mentira vcs acham q ele vai contar ? Quem ele vai culpar pelos incêndios ?

1.782 pessoas estão falando sobre isso

O Bozo vai falar hoje na tv ? Qual mentira vcs acham q ele vai contar ? Quem ele vai culpar pelos incêndios ?
Vamos fazer um hoje só pra perturbar o presidente na hora do pronunciamento. Avisem aos amigos do Zap que a hora de perturbar o vizinho lavajateiro chegou.

379 pessoas estão falando sobre isso

A família Bolsonaro se contorce pra tentar enganar a população brasileira usando fake news sobre as queimadas, mas não conseguirão enganar os países que assistem de fora toda essa lambança.

523 pessoas estão falando sobre isso

De CB