-->

Vídeos: De Preto, Estudantes Tomam As Ruas Do Brasil Em Repúdio A Bolsonaro

Como disse Luis Fernando Veríssimo, o Brasil começa a reagir fortemente contra a bandalha fascista que é o governo Bolsonaro. No plano jornalístico, não é diferente. A capa da Folha neste sábado (7) é histórica, o livro que traz um casal gay se beijando, mostra a necessidade de reagir contra os coturnos de Bolsonaro e congêneres, como Crivella e Witzel e por que não dizer Dória, que segue a mesma trajetória fascista que os três exploram.

Há uma nova força política surgindo nas ruas sabendo da importância de seu papel, com gestos e palavras contra a onda fascista que varre o país.
Guga Chacra soube definir bem o governo de Bolsonaro que é horrível e está sendo repudiado nas ruas pelos brasileiros, “Um presidente que celebra ditaduras. Um ministro dá entrevista a supremacista branco. Outro repete presidente e insulta primeira-dama francesa. Governantes restringem liberdade de expressão ao não aceitar diversidade. Um país extremista e mal educado”.

Ato rolando em São Paulo! Os caras-pintadas estão de volta para mostrar que somos maiores que Bolsonaro, e que não vamos entregar nosso país para ser destruído pelo governo!

1.029 pessoas estão falando sobre isso

OS CARAS PINTADAS ESTÃO DE VOLTA!

Em João Pessoa a manifestação pela educação e pela Amazônia está acontecendo agora. Amanhã é em todo o Brasil. Nosso recado será dado nas ruas. Pela independência do Brasil vamos de preto e com nossa cara pintada de verde e amarelo!

1.870 pessoas estão falando sobre isso

—–

OS CARAS PINTADAS ESTÃO DE VOLTA!

Em João Pessoa a manifestação pela educação e pela Amazônia está acontecendo agora. Amanhã é em todo o Brasil. Nosso recado será dado nas ruas. Pela independência do Brasil vamos de preto e com nossa cara pintada de verde e amarelo!

1.870 pessoas estão falando sobre isso

——–
https://antropofagista.com.br/2019/09/08/videos-de-preto-estudantes-tomam-as-ruas-do-brasil-em-repudio-a-bolsonaro/

Estudantes e Trabalhadores de luto contra Bolsonaro tomam conta das ruas do País


Milhares de estudantes e trabalhadores tomaram as ruas do Brasil neste 7 de setembro para protestar contra os desmandos do governo Bolsonaro. As principais bandeiras são em defesa da educação e da amazônia.
Organizadas pela União Nacional dos Estudantes, União Brasileira dos Estudantes Secundaristas e Associação Nacional dos Pós-Graduandos, as manifestações ocorrem nas capitais e dezenas de cidades do interior. A elas, soma-se o já tradicional Grito dos Excluídos realizado há décadas no dia da Independência.
Veja alguns dos registros em fotos e vídeos compartilhados pela UNE:

Compartilhe agora!

Atos #Dia7DePretoNaRua mobilizam manifestantes em cidades do Brasil e do mundo

Ato do 7 de Setembro em São Paulo (Foto: Karla Boughoff/UNE)
Atos convocados pelos estudantes estão sendo fortalecidos por bandeiras em defesa da Amazônia e contra a política predatória de Jair Bolsonaro

Os atos convocados em repúdio à política predatória de Jair Bolsonaro, que se traveste de um falso patriotismo, estão ganhando de diversas cidades do Brasil e do mundo neste sábado, 7 de setembro. No Twitter, a tag #Dia7DePretoNaRua ficou entre os principais assuntos pela manhã.
Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém
Os atos #Dia7DePretoNaRua, convocado pelos estudantes em repúdio à declaração de Bolsonaro para que os brasileiros vestissem verde e amarelo em apoio a seu governo, começaram logo cedo na capital paulista.
“Nos chamamos as pessoas para virem de preto, as pessoas corresponderam, sem abandonar nossa bandeira, sem abandonar o verde e amarelo porque os verdadeiros patriotas estão aqui. Somos nós que queremos cuidar da nossa Amazônia para que os EUA não venha interferir em nossos assuntos. Somos nós que viemos lutar pela Educação, pelas nossas universidades, que podem não funcionar mais no próximo mês por causa dos cortes de verbas que esse governo fez”, disse o presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Iago Montalvão, em vídeo publicado no Twitter.
Em Realeza, no Paraná, estudantes da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), se manifestaram pelo campus. A universidade é a primeira a sofrer com a nomeação de um reitor de extrema-direita por Jair Bolsonaro.

Em Fortaleza, no Ceará, estudantes também estão nas ruas de preto em protesto contra Bolsonaro. Há manifestações ainda em cidades como Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB), Brasília (DF), Aparecida (SP), Pedro II 

(PI), Cariacica (ES), entre outras – veja a lista de manifestações pelo Brasil.

No mundo

Pelo mundo, manifestantes também aproveitaram o 7 de Setembro para protesta contra a política de devastação da Amazônia promovida por Bolsonaro.

Em Estrasburgo, no nordeste da França, um grupo de ativistas realizou uma performance na Praça Kleber, em defesa da Amazônia.