-->

Bem-vindo ao Brasil, Sheik Mohsen Araki


O Brasil recebe por estes dias o Sheik iraniano Mohsen Araki, para conceder diversas conferências e visitar mesquitas. Vem falar basicamente de paz. Vem pregar contra o terrorismo, pregação que os iranianos em geral vêm fazendo há décadas. Terei a honra de estar entre um dos participantes do evento principal. No entanto, a mídia sionista vem reverberando artigos e reportagens contra ele. Cabe a nós, patriotas e progressistas, anti-imperialistas, protestarmos contra isso.

Por Lejeune Mirhan *

O fracasso de Meirelles, por Paulo Kliass

Categoria: 

Artigos



Foto El Pais

da Carta Maior

O fracasso de Meirelles

Em julho de 2016, ele garantia que bastaram dois meses sob nova direção para que a fadinha das expectativas operasse para tirar o Brasil da depressão

por Paulo Kliass

A data de sua nomeação ocorreu há quase 15 meses, em 12 de maio de 2016. O mais longevo presidente do Banco Central do Brasil acabava de marcar seu retorno ao setor público federal. A ironia da História não tem perdão. Aquele por quem Lula tanto batalhou para que ocupasse o mesmo posto no governo Dilma, então retornava ao comando da política econômica pelas mãos de Temer. Para tanto, Henrique Meirelles pediria afastamento de suas funções como presidente do conselho da J&F para assumir a cadeira no Ministério da Fazenda.
 
As forças vinculadas ao financismo e seus representantes cuidadosamente instalados nas redações dos principais meios de comunicação mal conseguiam conter seu entusiasmo. Afinal, um verdadeiro “dream team” estava se apossando dos postos estratégicos para os assuntos de economia. Um banqueiro com vasta folha de serviços prestados ao capital financeiro internacional como ministro e outo banqueiro com reconhecida experiência na defesa do financismo tupiniquim no Banco Central. Perfeito!

leia mais

Ao vivo: Câmara pode barrar denúncia contra Michel Temer

Categoria: 

Congresso



Temer enfatizou discurso em jantar com aliados na noite de ontem. Governo distribuiu folhetos com discursos sugeridos a quem votar contra a denúncia
 
 
Jornal GGN – Poucos minutos antes do horário marcado para a abertura da sessão de votação sobre a denúncia que quer condenar Michel Temer por corrupção passiva, e 52 deputados já estavam presentes, podendo dar início aos trabalhos da Câmara. A votação, contudo, precisa do quorum de 342 parlamentares, que aos poucos vão chegando. A sessão começou, oficialmente, às 9h02.
 
A expectativa do lado do Planalto é que se alcance o número exigido e conquiste a suspensão, de imediato, da denúncia da Procuradoria-Geral da República, sem sequer enviá-la ao Supremo Tribunal Federal (STF) que poderia colocar o presidente no banco dos réus.
 
Nesta terça-feira (01), foi lido o parecer alternativo do deputado tucano Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJ) da Casa em julho por 41 votos contra 24, que indefere, ou seja, arquiva a Solicitação para a Instauração de Processo (SIP) contra Temer.

leia mais

Alice Portugal: O Brasil pode se redimir de um erro histórico


No dia da votação da denúncia contra Michel Temer, a líder do PCdoB, deputada Alice Portugal (BA), reforça posição da bancada comunista em defesa do andamento da investigação de Michel Temer. “É neste dia que o Brasil poderá se redimir de um erro histórico: a cassação de uma presidente honesta”, disse a parlamentar. Confira a íntegra do vídeo.

AO VIVO: Votação da denúncia contra Temer no plenário da Câmara

Já teve início da sessão na Câmara para analisar denúncia contra o ilegítimo Michel Temer (PMDB). A Procuradoria-Geral da República acusa o Tinhoso de cometer crime de corrupção passiva, a partir de delações de Joesley Batista, dono da JBS. Temer … Continue lendo

O post AO VIVO: Votação da denúncia contra Temer no plenário da Câmara apareceu primeiro em Blog do Esmael.