-->

Terras adquiridas antes da Constituição não estão isentas de serem demarcadas

Tribunal considerou ilegítimo pedido feito pela Federação da Agricultura e Pecuária do MS Procuradoria Regional da República da 3ª Região Desde a implementação da Constituição de 1988, a demarcação de terras tradicionalmente ocupadas pelos índios tem sido um fator constantemente presente nos conflitos entre as comunidades indígenas brasileiras e ruralistas. No dia 30 de agosto,

Candidato ao governo pernambucano pertence a família recordista em trabalho escravo

Em oito anos, 1.406 trabalhadores foram resgatados da Destilaria Araguaia; irmão do senador Armando Monteiro foi condenado à prisão por gestão fraudulenta Por Bruno Stankevicius Bassi, em De Olho nos Ruralistas Com apenas quatro deputados federais vinculados à Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Pernambuco não está entre os estados mais representativos na bancada ruralista. No entanto, assim

V Encontro de agroecologia do agreste do estado será realizado em Garanhuns/PE

Na CPT Nordeste II “A Agroecologia para além dos territórios: interagindo e socializando experiências”. Este é o tema do V Encontro de Agroecologia do Agreste de Pernambuco, que será realizado no período de 26 a 29 de setembro de 2018, na Unidade Acadêmica de Garanhuns da UFRPE. O evento –  que contará com a realização de

CPT realiza mutirão de visitas nas comunidades da região Norte e Centro Oeste da Bahia

Por Tiago Aragão/ Agente da CPT Bahia Agentes da Comissão Pastoral da Terra (CPT) dos núcleos de Irecê, Ruy Barbosa e Senhor do Bonfim (BA) em parceria com as irmãs da Congregação das Catequistas Franciscanas de Morro do Chapéu, realizaram entre os dias 10 e 13 deste mês, um mutirão de visitas e reuniões nos municípios

Política de remoções deveria indenizar famílias pela posse da terra, dizem movimentos

Em muitos casos, indenizações recebidas não permitem comprar casa equivalente na mesma região Wallace Oliveira, Brasil de Fato A professora Valéria Borges vive na comunidade Pedreira Prado Lopes, região Noroeste de BH. O terreno onde ela morava foi ocupado por seus avós há quase um século e, no local, a família construiu, durante anos, duas

Honduras: começa o julgamento do assassinato da líder comunitária Berta Cáceres

Nesta etapa, irão a julgamento os executores do crime, entre eles, militares e funcionários de empresa hidrelétrica Por teleSUR, no Brasil de Fato Após mais de dois anos do assassinato da militante indígena Berta Cáceres, nesta segunda-feira (17) tem início em Tegucigalpa, capital de Honduras, o julgamento de seus possíveis assassinos. Berta Zúñiga, uma das

O clima nas eleições: O que seu candidato vai fazer a respeito do aquecimento global?

OC investigou o que os presidenciáveis prometem no combate a desmatamento, promoção da energia limpa e outros tópicos ligados à mudança climática Andrea Vialli,especial para o Observatório do Clima De um lado, promessas de desmatamento zero, reforma fiscal verde, cumprimento do Acordo de Paris e reconhecimento dos direitos da natureza na Constituição. De outro, propostas

Violência contra posseiros ocupantes da TI Pankararu é inaceitável e coloca indígenas em risco

Em nota, Cimi Regional Nordeste condena a violência de Estado praticada contra posseiros ocupantes da TI Pankararu durante ação de reintegração de posse No Cimi O Conselho Indigenista Missionário (Cimi) Regional Nordeste classifica como inaceitável a violência policial, vista nesta quinta-feira (13), durante reintegração de posse contra famílias posseiras ocupantes da Terra Indígena Pankararu, no

Líder do governo Temer, deputado sergipano André Moura (PSC) lidera indicações na Funai

Articulador do impeachment de Dilma Rousseff, parlamentar controla Dataprev e tem o poder de nomear e barrar presidentes do órgão indigenista Por Bruno Stankevicius Bassi, no De Olho nos Ruralistas O ano de 2016 foi decisivo para o deputado federal André Moura (PSC-SE). Pouco conhecido até então, ele foi catapultado de membro do baixo clero a

Audiência Pública alerta moradores sobre riscos de permanecer em casas próximas à barragem do Rio Pequeno

Caso a barragem rompa, pode gerar uma onda de 40km/h, segundo estudos, colocando a vida dos moradores em risco Ministério Público Federal no Espírito Santo Cerca de 80 pessoas participaram da audiência pública realizada em Linhares, nesta quinta-feira, 13 de setembro, com o objetivo de apresentar aos atingidos o panorama dos trabalhos realizados na Barragem