-->

Maioria dos acusados por tráfico no Rio não tem antecedentes nem foi investigada

Foto: Réus primários e sem antecedentes criminais, presos em flagrante sozinhos, desarmados e com pouca quantidade de droga, durante operações policiais realizadas em locais que supostamente seriam dominados por organizações criminosas. Esse é o perfil…

Requião lê relatório do auxílio-moradia

O senador Roberto Requião (MDB-PR) leu na manhã desta sexta (23) o relatório que propõe o fim do auxílio-moradia de R$ 4,3 mil mensais para juízes e procuradores, como havia informado mais cedo o Blog do Esmael. Assista ao vídeo.
O post Requião lê rela…

Vaza relatório de Requião sobre auxílio-moradia

Para um bom entendedor, meia palavra basta. Uma imagem, então, vale mais do que mil palavras. Foi assim, por meio de signos, que o senador Roberto Requião (MDB-PR) vazou o “relatório” provisório sobre o auxílio-moradia. Na semana passada, o…

Disputas pelo poder político causam aumento da violência contra os povos indígenas

O Relatório Violência Contra os Povos Indígenas no Brasil relativo ao ano de 2016 abordará, com ênfase, os impactos de dois momentos da política indigenista, tendo em vista que o Estado foi administrado por governantes com perspectivas diferentes no que tange aos direitos constitucionais das comunidades. O governo da presidenta Dilma priorizava, em sua política, […]

PF quer indiciar ex-governadores do DF por caso Mané Garrincha

Categoria: 

Justiça




Estádio sendo construído – Foto: Ademir Rodrigues/Portal da Copa

Da Agência Brasil

Por Sabrina Craide

Um relatório da Polícia Federal (PF) enviado à Justiça Federal pede o indiciamento dos ex-governadores do Distrito Federal Agnelo Queiroz e José Roberto Arruda por envolvimento no esquema de superfaturamento das obras do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. O ex-assessor especial do presidente Michel Temer e ex-vice-governador do Distrito Federal, Tadeu Fillipelli, também está na lista da PF.

Segundo o relatório, o sobrepreço nas obras chegou a R$ 559 milhões, voltados a “compensar” os pagamentos das vantagens financeiras indevidas aos agentes públicos e majorando lucro impróprio das empreiteiras.

leia mais