-->

Dona Dijé: A mulher que lutou por direitos quilombolas no Maranhão

Maria de Jesus Ferreira Bringelo, mulher, negra, quilombola, quebradeira de coco babaçu, ensinava que ódio e violência se enfrentam com serenidade e altivez Por Avanildo Duque*, em HuffPost Brasil O Brasil precisa conhecer a história de Dona Dijé. Em um tempo sombrio no qual se homenageiam torturadores, se matam negros e negras, se odeiam pobres, se

Grito dos Excluídos faz “desfile popular” no Dia da Independência

No dia em que lembramos a declaração de independência do Brasil, acontece também por todo o país a edição de 2018 do Grito dos Excluídos, protesto anual idealizado por pastorais e movimentos populares. O ato não acontece em 7 de setembro por acaso: é um convite àqueles tomados pelo espírito de patriotismo para um debate …

Os rostos, pés e corpos da Amazônia e a luta comum

O II Encontro das agentes e dos agentes da Articulação das CPT’s da Amazônia, realizado em Manaus (AM) de 28 a 30 de agosto, promoveu a partilha de histórias e o intercâmbio de experiências, com o intuito de construir um imaginário diverso da Amazônia e da luta comum travada nela. por Cristiane Passos / CPT

ES – Aracruz Celulose convoca reunião sobre ‘adubação aérea’

O momento é oportuno para exigir respeito à lei, às comunidades quilombolas e sua agroecologia Fernanda Couzemenco, Século Diário Ao final de quase um ano de inúmeras denúncias sobre contaminações de pessoas, crianças, lavouras e criações de animais em comunidades de diversos municípios do norte do Espírito Santo, a Aracruz Celulose (Fibria) convocou uma reunião

Decisão judicial faz avançar reconhecimento territorial quilombola em Rondônia

A Comunidade Quilombola do Forte Príncipe da Beira acolheu com entusiasmo a decisão do Juiz Federal Marcelo Elias Vieira, da 2ª Vara Federal de Ji-Paraná/RO, que ordenou ao Exército Brasileiro que permita o acesso do INCRA para realizar o estudo antropológico (RTID) previsto na demarcação dos territórios quilombolas, segundo o Decreto 4887/2003, que regulamenta os

ES – Mutirão de comunidade quilombola vai recuperar solo explorado pela Aracruz Celulose

Por Jussara Baptista, Século Diário Entre os dias 20 a 22 deste mês, próximo final de semana, a comunidade quilombola Sapê do Norte, localizado entre os municípios de São Mateus e Conceição da Barra, será palco de um grande mutirão. O objetivo do evento será recuperar o solo drasticamente danificado pelo cultivo indiscriminado de eucalipto

MPF: União tem 30 dias para destinar recursos ao Incra para regularizar terras quilombolas no Espírito Santo

Comunidades estão localizadas em São Mateus e Conceição da Barra, norte do estado Ministério Público Federal no Espírito Santo O Ministério Público Federal (MPF) no Espírito Santo (ES) obteve decisão na Justiça, em tutela de urgência, para que a União, no prazo de 30 dias, reforce o orçamento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma

Líder quilombola morto há três meses pediu segurança do MPF e da Polícia Civil do Pará

Catarina Barbosa, Amazônia Real “Ele está fazendo muita falta. Ele era o nosso líder. Era ele que lutava pelo povo do Turé”, diz a agricultora Zueide Oliveira, de 24 anos, sobre os três meses da morte do líder da Comunidade de Remanescentes de Quilombo Turê III, Nazildo dos Santos Brito, assassinado a tiros no dia 14 de abril deste ano, no