-->

Vale desobedece ordem de paralisar minas de níquel no PA e é multada por Tribunal

A ordem para cessar todas as atividades nas minas Onça e Puma foi dada em 26/02. A multa é contada por dia de desobediência e pode passar de R$ 19,5 milhões No MPF A Vale desobedece, desde o dia 26 de fevereiro, uma ordem do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) para cessar todas

Carta do V Encontro Popular da Bacia do Rio São Francisco

VELHO CHICO, TE QUEREMOS VIVO! Na CPT/BA Estivemos reunidos em Januária – MG, de 07 a 09 de junho de 2019, no V Encontro da Articulação Popular da Bacia do Rio São Francisco, 109 pessoas de 56 organizações de povos indígenas, quilombolas, geraiseiros/as e catingueiros/as de fundos e fechos de pasto, pescadores/as, pesquisadores/as, pastorais e

Mina Guaíba: um empreendimento de altíssimo impacto ambiental e lobby da indústria dos combustíveis fósseis. Entrevista especial com Paulo Brack

Por: Patricia Fachin, em IHU On-Line O projeto de abrir uma mina a céu aberto em uma área de quatro mil hectares nos municípios de Eldorado do Sul e Charqueadas “para trazer à tona 166 milhões de toneladas de carvão mineral para uso em gaseificação, termoelétricas a carvão, ou mesmo em um Polo Carboquímico”, proposto pela Copelmi Mineração, ainda não foi “explicitado e esclarecido à

Descaso, doenças, humilhação. Vítimas da barragem da Samarco ainda lutam por justiça

Escritório de entidade criada para reparar os danos das vítimas, está ocupado por famílias que reivindicam reassentamento e o reconhecimento de pessoas contaminadas por metais tóxicos por Redação RBA A lama de rejeitos da barragem do Fundão, da empresa Samarco, cujo rompimento em 2015, em Mariana (MG), matou 19 pessoas, destruiu comunidades vizinhas, devastou o

Assembleia popular vai debater os impactos da mineração no RS

Evento será realizado na próxima terça-feira (11) no CTG Porteira da Tradição, em Eldorado do Sul Redação Brasil de Fato O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e o Movimento pela Soberania Popular na Mineração (MAM) promovem na próxima terça-feira, 11 de junho, a partir das 13 horas, a Assembleia Popular da Mineração. O

“A Agência Nacional de Mineração terá capacidade de resistir ao lobby do setor mineral?” Entrevista especial com Bruno Milanez

Por: Patricia Fachin, em IHU On-Line O rompimento das barragens de rejeitos em Brumadinho e em Mariana e o risco de rompimento imediato da barragem de Gongo Soco, todas localizadas no estado de Minas Gerais, suscitam ao menos dois questionamentos: qual é o nível de segurança dessas barragens e como são realizadas as auditorias que atestam a segurança? Ao responder a essas questões, o engenheiro Bruno Milanez é

Nota do MAB sobre a ocupação do escritório da Renova em Mariana

No Mab Os atingidos que ocupam  o escritório da Fundação Renova, em Mariana, desde segunda feira (3), buscam diálogo, espaços de negociação e respostas da Samarco e da Renova há 3 anos e 7 meses. Os garimpeiros e pescadores de Mariana, Barra Longa e Acaiaca esperaram por sete meses uma reunião para dialogar com a

Fiocruz realiza análises de contaminação para Brumadinho

Por Penélope Toledo, do INCQS, na Agência Fiocruz de Notícias Em 25 de janeiro de 2019, o mundo se chocou com o desastre ambiental em Brumadinho, Belo Horizonte, onde uma barragem de rejeitos de mineração pertencente à empresa Vale do Rio Doce se rompeu. Para calcular o risco de contaminação dos materiais biológicos dos bombeiros

As vozes de quem não quer trocar seu território e modo de vida por uma mina de carvão

Marco Weissheimer “Um projeto de extração de carvão mineral, areia e cascalho, que será um dos mais modernos empreendimentos do país, contribuindo para o desenvolvimento de toda a Região, gerando renda, empregos e oportunidades para diversos setores da…

Dia Mundial do Meio Ambiente: 68% das áreas de proteção e indígenas da Amazônia estão ameaçadas, diz estudo

Um levantamento realizado por uma rede de pesquisadores de seis países identificou que 68% das áreas de proteção ambiental e territórios indígenas da Amazônia estão sob ameaça de projetos de infraestrutura, planos de desenvolvimento econômico e atividades de exploração da maior floresta tropical do planeta. por Rafael Barifouse, em BBC News Brasil Atualmente, existem 390 milhões de hectares dedicados