-->

Paulo Pimenta e Wadih Damous vão denunciar novamente Dallagnol ao CNMP sobre lucro com palestras

Publicado na Revista Fórum

Na época, os deputados fizeram a denúncia, que agora é revelada pela Vaza-Jato, mas o CNMP arquivou o assunto

Após as novas denúncias da Vaza-Jato, os deputados federais Paulo Pimenta (PT-RS) e Wadih Damous (PT-RJ) vão voltar ao Conselho Nacional do Ministério Público para denunciar os procuradores federais Deltan Dallagnol e Robson Pozzobom.

De acordo com novos vazamentos, os procuradores teriam montado plano de negócios de eventos e palestras para lucrar com a fama e contatos obtidos durante as investigações da Lava-Jato.

“Na época quando eu e @wadih_damous denunciamos os incautos acharam exagero. Afinal de contas, ele só queria promover a cidadania e o combate a corrupção. E agora ?? #VazaJato Voltaremos ao CNMP para que toda verdade seja esclarecida e possamos saber quanto e como ele recebeu”

A intensa atividade de Deltan como palestrante chamou a atenção da imprensa e levou os deputados federais a pedirem abertura de um procedimento disciplinar no Conselho Nacional do Ministério Público.

Veja também:  Janot ao receber convite de Dallagnol para palestra: “Oi amigo kkkkkk, considero sim mas teremos que falar sobre cache”

O requerimento, porém, foi arquivado, pois o órgão entendeu à época que as palestras se enquadravam como atividade docente, o que é permitido por lei, e ressaltou que grande parte dos recursos era destinada a instituições filantrópicas.

O post Paulo Pimenta e Wadih Damous vão denunciar novamente Dallagnol ao CNMP sobre lucro com palestras apareceu primeiro em Bem Blogado.

Deixe um comentário

Receba nossas notícias pelo Telegram

Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto