-->

Haddad colunista: Folha promove a ala direita do PT para boicotar a luta contra o golpe e pela liberdade de Lula

O jornal golpista Folha de S. Paulo concedeu uma coluna interna em sua imprensa ao ex-candidato do PT à presidência, Fernando Haddad. Este fato tem que ser analisado do ponto de vista político, trata-se de uma intervenção da imprensa direitista e da própria burguesia na luta interna que ocorre no interior do Partido dos Trabalhadores neste momento. É preciso ressaltar que a Folha, junto a outros órgãos de imprensa, foi uma das principais integrantes da campanha pela derrubada da presidenta Dilma Rousseff, em 2016.

Ao conceder a coluna ao ex-prefeito paulistano, a burguesia reforça seu apoio a ala direitista do PT, um setor muito mais moderado, que nos últimos anos tem defendido a política de “autocrítica”, de aceitar os “erros” do PT, de suas principais lideranças, e, consequentemente, abandonar de maneira completa a luta contra o golpe e pela liberdade de Lula.  Esse setor, liderado pelos governadores, posicionou-se claramente a favor do “sucesso” do governo do fascista Jair Bolsonaro e, neste momento, está a favor de aprovar a famigerada “reforma” da Previdência, com algumas pequenas ressalvas, ou seja, é a favor da maior expropriação dos trabalhadores brasileiros de todos os tempos. Trata-se de uma forma da direita golpista adaptar o PT aos seus interesses, por meio do apoio a ala direita do Partido.

Esta estratégia não é nova. Antes do golpe contra Dilma Rousseff, Guilherme Boulos, hoje tido por determinados setores de esquerda como uma de suas principais lideranças, tinha uma coluna no mesmo jornal . Em sua coluna, no momento em que a burguesia impulsionava a campanha contra o PT, Boulous fazia a mesma campanha, porém com viés esquerdista. Chegou a dizer em um de seus textos que o governo Dilma era indefensável, isso quando ela estava prestes a ser derrubada pela direita.

A utilização de determinados setores da esquerda pequeno-burguesa em prol de seus interesses é uma estratégia comum da direita. Antes do golpe, Boulos foi utilizado pela imprensa burguesa para confundir determinados setores da esquerda apresentando uma posição direitista, com um verniz esquerdista. Agora a imprensa golpista busca dar destaque para Haddad com o único objetivo de reforçar a política da ala direita do PT, ou seja, de virar a página do golpe, de esquecer Lula, adaptando o partido à vontade dos próprios golpistas.

O post Haddad colunista: Folha promove a ala direita do PT para boicotar a luta contra o golpe e pela liberdade de Lula apareceu primeiro em Diário Causa Operária.

Deixe um comentário

Receba nossas notícias pelo Telegram

Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto