-->

Junior Barranquilla deve ser o adversário dos brasileiros nas finais da Copa Sul-Americana

Com a fácil vitória do Junior Barranquilla sobre o Independiente Santa Fé, em Bogotá, por 2 a 0, tudo indica que o Atlético Paranaense, ou o Fluminense, se livrou da altitude da capital colombiana, de 2640 metros.

Mas enfrentará o melhor entre os dois times colombianos nas finais da Copa Sul-Americana, embora tenha vencido um jogo fraquíssimo, nada que se compare ao que Furacão e Fluminense fizeram em Curitiba.

Forte fisicamente, mas fraco tecnicamente, o Santa Fé caiu em casa sem incomodar a equipe mais talentosa de Barranquilla, cidade ao nível do mar.

O sênior Teófilo Gutierrez (foto), 33 anos, é o maior nome do Junior, autor do primeiro gol do jogo disputado há pouco.

A altitude de Bogotá é suportável, mas sempre um adversário a mais dos clubes brasileiros.

Já o estádio Metropolitano de Barranquilla, com capacidade para 46 mil torcedores, é o maior do país e é suficientemente seguro para não assustar visitantes.

As finais serão disputadas nos dias 5 e 12 de dezembro, segundo jogo na Arena da Baixada — ou no Maracanã.

Os jogos de volta das semifinais estão marcados para os próximos dia 28, no Rio, e 29, em Barranquilla.

Deixe um comentário

Receba nossas notícias pelo Telegram

Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto