-->

A “classe média” é analfabeta política, irresponsável com o país e eticamente desonesta

Numa entrevista à Juca Kfouri na TVT a Filósofa Marilena Chauí enfrenta os temas “classe média”, o caos da república e a força humanizadora da inclusão econômica e social.

Para nossa pensadora a “classe média” é um setor entre as classes dominada – trabalhadora – que tem que vender a si mesma como força de trabalho para sobreviver, explorada exaustivamente e a elite dona dos meios de produção, que não  produz  riquezas, mas delas usufrui.

Os integrantes desse setor, embora também explorados pela classe dominante, sonham ser também ricos e capitalistas.

Para tais pessoas os pobres não devem ser incluídos nos direitos a usufruir dos frutos do trabalho porque se tornariam empecilhos aos desejos que os da “classe média” têm de ser classe dominante.

Porém, na verdade, esse segmento está mais próximo da classe trabalhadora e muitos continuam ser a classe trabalhadora porque são assalariados e não donos dos meios de produção.

A participação dos médios nas manifestações de 2013, falsamente chamadas de combate à corrupção,  foi fruto da ignorância política e por serem usados como inocentes úteis pelo imperialismo e pela elite dominante brasileira, historicamente servil ao colonialismo.

Agora novamente faltam coerência e honestidade intelectual aos sonhadores da classe média para fazerem autocríticas quanto ao erro em ajudar a dar um golpe de Estado e colocar no poder uma quadrilha entreguista.

Marilena Chauí também faz observação aos caos em que virou a república no Brasil. As instituições competem entre si, produzindo concorrência entre os poderes, despertando desconfiança e incredulidade na população. Ninguém mais crê no judiciário, no parlamento nem no governo.

Classe dominante e sua clientela e porta voz, chamada classe média, não admitem o direito entre a miséria e os privilégios absolutos.

Vale a pena acessar e investir alguns minutos assistindo o vídeo abaixo.

Colabore com o Blog

Deixe um comentário

Receba nossas notícias pelo Telegram

Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto