Ricardo Jimenez: Indicação de Alexandre de Moraes ao STF transporta a truculência tucana para dentro da Suprema Corte

Ricardo Jimenez: Indicação de Alexandre de Moraes ao STF transporta a truculência tucana para dentro da Suprema Corte

O Brasil deve ver com bastante preocupação a indicação do ex-Secretário de Segurança de São Paulo e ex-Ministro da Justiça do governo ilegítimo de Temer, o tucano Alexandre de Moraes, para o STF.

 

Não só porque Moraes coloca em questionamento a imparcialidade na condução da relatoria da operação Lava Jato, já bastante seletiva e parcial, mas porque coloca em risco os movimentos populares que lutam por terra, moradia e direitos.

 

Sua indicação é acintosa, tanto de parte do atual governo, que abusa da democracia ao indicar um dos auxiliares mais próximos do atual Presidente para um cargo em que atuará na relatoria de uma investigação que poderá vir a investigar o próprio Presidente, quanto da parte das prerrogativas constitucionais, já que Moraes está longe de ser um ‘jurista com notório saber’.

 

Moraes leva para dentro do STF, por indicação política, além da desconfiança sobre sua imparcialidade, sua personalidade política afeita à truculência policial, conivência com abusos e certo desprezo pelos direitos e pelo direito.

 

Os direitos humanos no Brasil recuam dia a dia desde que o golpe na democracia foi desferido após as eleições de 2014 e a liberdade constitucional de manifestação e atuação individual e coletiva na luta popular está cada vez mais em risco.

 

 

---
Ricardo Jimenez é coordenador do Setorial Direitos Humanos de PT de Ribeirão Preto Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!