A legalidade se levanta e o PT de Ribeirão Preto precisa estar unido e presente!

A legalidade se levanta e o PT de Ribeirão Preto precisa estar unido e presente!

Pela construção de um Comitê Antigolpe!

No dia 4 de março, na sexta-feira da vergonha, quando Lula foi sequestrado pela força-tarefa da Lava Jato e levado para o aeroporto de Congonhas, em uma das atitudes que mais afrontaram o Estado Democrático de Direito desde a redemocratização e a promulgação da Constituição de 1988, o movimento pela legalidade ganhou novos e importantes contornos.

 

O movimento contra o processo de impeachment e contra a seletividade e os desmandos do juiz de Curitiba, sustentados na grande mídia, antes levado em diante pela unidade dos partidos, centrais sindicais e movimentos sociais da Frente Brasil Popular, passou a ganhar o apoio de cada vez mais gente após os acontecimentos do dia 4.

 

A legalidade vai se levantando no país todo, reunindo artistas, intelectuais, juristas e boa parte da população comum, trabalhadora que não mais se engana diante das manobras midiáticas.

 

A perseguição implacável por parte da mídia e o arbítrio de parte de setores do Judiciário contra o ex-presidente Lula, deflagrados com os abjetos e ilegais vazamentos dos grampos na última semana, e o oportunista processo de impeachment conduzido por figuras como Aécio e Cunha, denunciados na Lava Jato e proprietários de contas secretas no exterior, vem fazendo os olhos de muitos se abrirem ao risco iminente que corremos.

 

A luta pela legalidade e em defesa da democracia ganhou corpo e transcendeu aos partidos, sindicatos e movimentos sociais. A maior demonstração disso foram os mais de 1,5 milhão de pessoas que saíram às ruas no último dia 18 em todo o país, 400 mil somente na avenida Paulista.

 

Aqui em Ribeirão Preto a reação também foi rápida. Na mesma sexta, dia 4, ocorreu uma plenária antigolpe na sede do Diretório Municipal, reunindo cerca de 60 pessoas, entre militantes e dirigentes do PT, PCdoB, PCO; juventude da UJS, UEE, UPES e UNE; movimentos por moradia, professores e sindicalistas.

 

Neste último dia 19 houve um ato conjunto do Merendaço, exigindo a CPI da merenda em São Paulo e em Defesa da Democracia na Esplanada do Pedro II. Além das entidades já mencionadas acima, o ato conjunto do dia 19 foi ainda mais ampliado com a presença de cerca de 200 pessoas, agregando outras forças políticas, outros movimentos sociais e também dezenas de cidadãos comuns que querem lutar pela democracia e pela legalidade.

 

O Diretório Municipal do PT de Ribeirão Preto não pode ficar de fora deste movimento e mais, deve se colocar na vanguarda dessa luta pela legalidade, pois é o PT o alvo maior do crescimento do ódio fascista que toma conta de uma parte da sociedade informada pelos grandes meios de comunicação.

 

Na semana passada a nossa sede foi atacada de maneira violenta e intolerante por fascistas que dispararam morteiros para dentro da sede, colocando a segurança física de funcionários e militantes em risco.

 

Por tudo isso, faz-se urgente a convocação de uma reunião plenária do Diretório Municipal com o intuito de se construir aqui em Ribeirão Preto um Comitê Antigolpe, amplo, democrático, envolvendo todos os democratas de Ribeirão Preto.

 

No próximo dia 31, a Frente Brasil Popular fará a marcha dos cem mil em Brasília. É o momento adequado para que o PT, junto com outros partidos de esquerda, sindicatos e movimentos populares, lance aqui na região a Frente Brasil Popular regional.

 

A legalidade se levanta no Brasil, nós não podemos ficar de fora nesta luta!

---
Ricardo Jimenez é editor do blog O Calçadão Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto

Comentários

Ainda não há comentários nesta notícia. Seja o primeiro!