1ª Mostra de Cinema e Revolução | A Batalha do Chile

Data: 25/07/2018 Hora: 19:00
Local: Avenida Santa Luzia, 120 - Jd. Sumaré - Ribeirão Preto - São Paulo
1ª Mostra de Cinema e Revolução | A Batalha do Chile

 



Debatedor:  Jorge Roque


Partes I e II, Patrício Guzmán, Chile, 1975 e 1976.


Trata-se de um documentário. Mas, está de acordo com a mostra: não há, na perspectiva dos filmes selecionados, uma muralha da China entre ficção e realidade. Há, inclusive, em alguns dos filmes, a utilização de imagens reais, de filmagens dos acontecimentos reais, tal como em um documentário. Aliás, esse é um traço do cinema realista. Quanto ao documentário, este possui três partes: a primeira, denominada A Insurreição da Burguesia; a segunda, O Golpe de Estado; e a terceira, O Poder Popular. Serão exibidas apenas as duas primeiras, em razão da duração de cada uma das partes. O tema do documentário é a construção pacífica, através dos canais da democracia burguesa, do socialismo no Chile pelo governo de Salvador Allende, a política de alianças deste, as conciliações e, por outro lado, a intransigência política da burguesia e dos setores médios chilenos, inclusive dos militares, em estrita colaboração com os EUA. Guzmán analisa os principais acontecimentos do governo Allende e depois as etapas do golpe perpetrado por Pinoch,et em 11 de setembro de 1973, que inaugurou uma sangrenta ditadura e, também, em plano mundial, a aplicação das políticas neoliberais. A Batalha do Chile é considerado um dos principais documentários políticos já feitos.